Suspeito de matar o próprio irmão em briga por herança é assassinado com quatro tiros

Ronaldo Lúcio Silva Vieira, 48, estava conversando com dois homens quando foi assassinado, no Japiim. Ele é suspeito de matar o próprio irmão, em 2005

Manaus – Ronaldo Lúcio Silva Vieira, 48, suspeito de matar o próprio irmão em 2005, segundo a Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), devido a uma briga por herança, foi morto na noite desta quarta-feira (27), no bairro do Japiim, zona Sul de Manaus, com quatro tiros pelas costas.

De acordo com as investigações, antes de ser assassinado, o homem conhecido como ‘Naldo’, estava conversando com dois homens, no final da ponte que liga a Avenida Manaus 2000 com a Rua C15, quando minutos depois ele foi morto.

Ronaldo foi morto com quatro tiros, na ponte que liga a Avenida 2000 (Foto: Raquel Miranda)

Os tiros atingiram o braço, nádegas e costas da vítima. Ao todo, os vizinhos ouviram seis disparos, mas somente quatro atingiram Ronaldo, conforme informou a DEHS.

Vizinhos do local do crime informaram à reportagem que Naldo era usuário de drogas e tinha comportamento agressivo.  Na quitinete onde Naldo morava, na Avenida Manaus 2000, a mulher da vítima não foi encontrada.

A DEHS informou que além do envolvimento com o tráfico de drogas, outra suspeita da motivação do crime foi a venda, feita por Naldo, de um veículo roubado há cerca de dois meses.

O caso segue sendo investigado pela DEHS.

Anúncio