Suspeito de roubar carros morre durante troca de tiros com a polícia

Henock Silva Carvalho, 32, era suspeito de participar de seis roubos de carros. Ele morreu na manhã desta quarta-feira (12), no bairro Santa Luzia, zona sul de Manaus

Manaus – Henock Silva Carvalho, 32, morreu na manhã desta quarta-feira (12), na Rua Branco e Silva, bairro Santa Luzia, zona sul da cidade, após troca de tiros com policiais civis da Delegacia Especializada em Roubos e Furtos de Veículos (DERFV). O homem é suspeito de seis participações em roubos de veículos nos últimos meses. Um revólver calibre 32 foi apreendido.

Durante a troca de tiros, um policial da DERFV foi atingido no colete balístico e revidou ao disparo, atingindo o Henock. O suspeito ainda chegou a ser socorrido ao Serviço de Pronto Atendimento (SPA) da Zona Sul, mas não resistiu aos ferimentos. O policial deu entrada com trauma leve na região das costelas e passa bem.

De acordo com o delegado Cícero Túlio, titular da DERFV, a vítima era procurada pela polícia depois de ter trocado tiros com os investigadores da Especializada, em outubro do ano passado. Henock chegou a utilizar a fotografia do delegado no seu próprio perfil de Whatsapp e mandava mensalmente mensagens para o disk-denúncia da Especializada, desafiando a atuação dos policiais para encontrá-lo.

O homem respondia a vários processos criminais e desde novembro de 2019, tinha um mandado de prisão preventiva decretada, em razão de ter encomendado os roubos de vários veículos em Manaus.

Cícero Túlio, Delegacia Especializada em Roubos e Furtos de Veículos (DERFV) (Foto: Yago Frota)

Ainda segundo o delegado, há três meses, em uma ação da Especializada, Henock juntamente com outros comparsas, atiraram contra policiais, no bairro Jorge Teixeira. Na oportunidade, o grupo tinha a intenção de assaltar um comerciante de calçados e estava fazendo uso de um carro roubado que foi recuperado.

Outros comparsas de Henock foram presos no ano passado. Michel de Souza Moraes foi preso após manter seis pessoas de uma mesma família reféns na comunidade Fazendinha, bairro Cidade Nova. Outro integrante do grupo da vítima, foi preso também em novembro de 2019, após realizar diversos roubos de veículos e assaltos a estabelecimentos comerciais na cidade de Manaus.

O delegado disse, também, que o trio era extremamente violento e a polícia acredita que o bando roubou pelo menos seis carros nos últimos meses.

Homem é preso por confrontar a polícia

Um homem de identidade não informada, foi preso durante a ação da DERFV, na manhã desta quarta-feira (12). Segundo o delegado, o indivíduo saiu da residência onde Hernock estava, de posse de um revólver calibre 38, quando os policiais deram a voz para que ele a solta-se.

O homem não obedeceu e foi desarmado e, em seguida, conduzido até a sede da Especializada. O delegado também disse que o indivíduo informou que possui o direito de porte e posse do revólver, o que ainda está em averiguação na DERFV.

Um polícia foi atingido no colete balístico (Foto: Yago Frota)

Anúncio