Suspeito de roubar carros para cometer assaltos a residências é preso

Infrações foram registradas no bairro Coroado; Alan Souza Ferreira é suspeito de fazer parte de um grupo de criminosos

Manaus – Alan Souza Ferreira, 20, vulgo ‘Cupu’, foi preso na tarde desta terça-feira (7), no bairro Coroado, zona leste de Manaus. Ele é suspeito de fazer parte de um grupo criminoso que roubava carros e residências na cidade.

Segundo o delegado Cícero Túlio, titular da Delegacia Especializada em Roubos e Furtos de Veículos (DERFV), há dois meses, várias vítimas procuraram a delegacia para registrar boletim de ocorrência. Durante os assaltos, o grupo foi flagrado por câmeras de segurança. As vítimas levaram as imagens até a polícia, que começou a investigação.

Uma máquina que mede a emissão de gases de veículos, avaliada em R$ 100 mil, foi apreendida com o suspeito (Foto: Marcos Lima/Divulgação)

Na manhã desta terça-feira (7), uma vítima procurou a delegacia e informou que seu veículo, modelo Onix, de cor preta, foi roubado. Os policiais, então, foram ao bairro Coroado, onde encontraram Alan. Com ele, foram apreendidos mais dois carros modelo HB20, um revólver calibre 38 e uma máquina que mede a emissão de gases de veículos, avaliada em R$ 100 mil – valor que não condiz com a situação financeira do suspeito. O objeto foi levado até a delegacia para ser mostrado às vítimas e, caso seja identificado, devolvido ao dono.

blank

Outros objetos apreendidos com o suspeito, conhecido como ‘Cupu’ (Foto: Marcos Lima/Divulgação)

O delegado contou que os veículos eram roubados para o grupo cometer assaltos a residências. Após o roubo, o veículo era abandonado nas proximidades do bairro Coroado. Uma das vítimas, que não quis se identificar, contou que sua residência foi assaltada na semana passada. Durante a madrugada, três homens entraram na casa e roubaram vários pertences, além de ameaçar as pessoas que moravam na casa.

Cícero Túlio disse ainda que o pai de Alan está preso por latrocínio e que, na área do Coroado, há muitos casos de quadrilhas que roubam veículos. O titular da DERFV revelou que as investigações continuam para prender o restante do grupo e possíveis receptadores.

Anúncio