Taxista é preso suspeito de assaltar veículo usando dispositivo ‘Chapolin’

Reinaldo Santos Sarmento teria praticado a ação em parceria com Álisson Araújo Gama, que está foragido, no dia 13 de agosto, na zona oeste de Manaus

Manaus – O taxista Reinaldo Santos Sarmento, 33, foi preso, na tarde desta terça-feira (20), suspeito de assaltar um carro, juntamente com Álisson Araújo Gama, vulgo ‘Tubarão’ e ‘Orelinha’, utilizando um dispositivo eletrônico chamado ‘Chapolin’, que bloqueia a ativação do alarme. A ação teria acontecido no dia 13 de agosto, no estacionamento de um supermercado, no bairro Ponta Negra, zona oeste da capital. A vítima é um homem de 49 anos.

Segundo policiais do 19º Distrito Integrado de Polícia (DIP), que atenderam a ocorrência, os suspeitos estavam em um táxi modelo Grand Siena e de placa PHI-8998. A vítima teria estacionado seu automóvel, uma picape Hillux, de cor prata e ao acionar o alarme, Reinaldo e Álisson ativaram o dispositivo eletrônico com o objetivo de impedir o travamento das portas do carro. A dupla roubou do interior do veículo dois notebooks e R$ 3 mil reais.

De acordo com o delegado Aldeney Góes, titular do 19º DIP, a equipe chegou até o suspeito após identificar o veículo utilizado na ação. “Nós cumprimos o trabalho da polícia judiciária. Os suspeitos agem em locais em que você está seguro. Essas duplas, quadrilhas, agem em shoppings e supermercados. Hoje em dia, é comum pessoas carregarem bens dentro de seus carros e bolsas. O ideal é sempre conferir a maçaneta ao travar o carro”, destacou ele.

Álisson, que está foragido, responde por pelo menos cinco crimes contra o patrimônio e Reinaldo foi indiciado por furto qualificado e será encaminhado para o Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), na BR-174.