Tiroteio entre assaltantes e ‘justiceiros’ deixa grávida e irmãos baleados, na Cidade de Deus

Um veículo que transportava um grupo de evangélicos foi vítima da ação de assaltantes. Uma mulher, suspeita de participar do assalto, foi morta durante o tiroteio

Manaus – Dois irmãos, de 10 e 13 anos, e uma mulher de 22 anos, grávida de 2 meses, foram baleados durante um tiroteio entre suspeitos de assaltos e dois ‘justiceiros’, na noite desta quarta-feira (7), na comunidade Gustavo Nascimento, bairro Cidade de Deus, zona norte da capital. Uma mulher, ainda não identificada, suspeita de envolvimento no assalto, foi morta durante o confronto, conforme informações do tenente Abel Cid, do Comando de Policiamento Ostensivo (CPO) Norte.

Tiroteio entre assaltantes e ‘justiceiros’ deixa grávida e irmãos baleados, na Cidade de Deus (Foto: Jucélio Paiva/Divulgação)

Onze cápsulas de revólver foram recolhidas do local, e peritos do Departamento de Polícia Técnico-Científica (DPTC) confirmaram que a mulher suspeita de assaltos não foi atingida com nenhum tiro, mas morreu depois de ser atingida com fragmentos de pólvora, na altura do tórax.

Conforme o pastor Joilson de Araújo, 40, uma Kombi, de placa JWP 7121, seguia com um grupo de evangélicos quando foi surpreendida por três homens e uma mulher, que tentaram tomar o veículo de assalto, na Rua Lírio das Pedras. “Eu saí da kombi quando anunciaram o assalto. Depois chegaram dois homens atirando. Disseram que eram seguranças. Quando vimos, as vítimas já estavam baleadas”, disse.

Durante a ação, Luciane Corrêa da Silva, 22, grávida de 2 meses, foi atingida com um tiro no abdômen. Dois irmãos, de 10 e 13 anos, que estavam no veículo, também foram atingidos com os disparos. As vítimas foram socorridas pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhadas ao Hospital e Pronto-Socorro Platão Araújo, zona leste da capital.

De acordo com o tenente Abel Cid, os ‘justiceiros’ ainda não foram identificados mas, segundo informações de moradores da área, foram dois seguranças de um supermercado de frios, localizado na Avenida Camapuã, também na zona norte.

As vítimas estavam dentro da Kombi quando foram atingidas pelos disparos. O veículo teve um dos pneus dianteiros furados, durante o tiroteio. A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) investiga o caso. Até a publicação desta matéria, os dois irmãos e a mulher grávida passavam por procedimentos cirúrgicos no Pronto-Socorro Plantão Araújo.

Anúncio