Três adolescentes são torturados por grupo de facção criminosa, em Manaus

Caso foi informado por um adolescente amigo do grupo que estava sendo torturado. Ocorrência foi atendida por policiais militares da 21ª Companhia Interativa Comunitária

Manaus – Três adolescentes, um de 16 e dois de 17 anos, foram torturados por um grupo de oito pessoas que disseram pertencer à facção criminosa Família do Norte (FDN), na noite deste sábado (16), em baixo da Ponte do Bariri, na Avenida Brasil, bairro São Jorge, zona oeste de Manaus. Outro adolescente, de 17 anos, foi apreendido no local. Os detalhes constam no registro da ocorrência realizado na Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (Deaai), na zona oeste de Manaus.

Caso foi registrado na Deaai (Foto: Reprodução)

Conforme o registro policial, um dos adolescentes fugiu e abordou uma equipe de policiais militares da 21ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), por volta das 20h30, enquanto faziam a ronda de rotina. O jovem disse, aos policiais, que o grupo de amigos estava sendo torturado sob a ponte do Bariri.

Os policiais foram até o local e fizeram “um cerco” por toda a região de mata do Igarapé do Franco, na Avenida Brasil. Ao perceber os policiais, a maior parte do grupo, apontado pelo adolescente como torturadores, fugiu pela mata e pela água, mas um dos adolescentes, de 17 anos, pertencente ao grupo, foi apreendido, conforme registro da Deaai. Ele já havia sido apreendido por tráfico de drogas anteriormente.

Ainda conforme registro na Deaai, os três adolescentes torturados foram levados ao Hospital e Pronto-Socorro João Lúcio, zona leste da cidade.