Três suspeitos de espancar homem até a morte são presos nesta sexta-feira

Polícia Civil investiga ainda a participação de um quarto suspeito nesse crime, ocorrido no último dia 14

Manaus – Roosevelt Martins de Freitas Junior, 20, Rodrigo Carlos de Souza, 20, e Vinicius Barbdales Nunes, 20, foram presos na manhã desta sexta-feira (26), em cumprimento a mandado de prisão preventiva, por policiais civis da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), pela morte de Miguel Ângelo Carvalho, 34, ocorrida no dia 14 de junho deste ano.

Miguel Ângelo Carvalho foi espancado até a morte após um desentendimento entre ele e outros do grupo que estavam consumindo bebidas alcoólicas. Seu corpo foi encontrado em um terreno baldio (Foto: Divulgação)

O crime aconteceu no Bairro da União, zona centro-sul. Na ocasião, segundo a DEHS, os homens estavam consumido bebidas alcoólicas, quando tiveram um desentendimento. Ângelo foi espancado até a morte, e seu corpo encontrado em um terreno baldio, atrás da Igreja Batista da União, na Rua 2 de Agosto, Bairro da União.

Na última quarta-feira (24), os suspeitos estiveram na sede da especializada para prestar esclarecimentos sobre o crime. Segundo o delegado titular da DEHS, Paulo Martins, todos são réus confessos.

“Quando eles vieram depor aqui estavam sem mandado de prisão. Nós não poderíamos mantê-los aqui na custódia da delegacia, então representamos pelos mandados de prisão e agora acabaram de sair”, esclareceu Martins.

Na última quarta-feira (24), três suspeitos estiveram na sede da DEHS para prestar esclarecimentos sobre o crime (Foto: Nainy Castelo Branco/Divulgação)

A Polícia Civil segue investigando a participação de um quarto suspeito neste crime. Vinícius Barlades já tem passagem pela polícia pelo homicídio de uma mulher, ocorrido em 2018.