Trio ‘extremamente perigoso’ é preso durante operação

Os irmãos Liandrio Silva da Mota e Liendrew Silva da Mota, além de Levy Maciel Marques, estão supostamente envolvidos no primeiro homicídio registrado de 2019

Manaus – Levy Maciel Marques, de 19 anos, e os irmãos Liandrio Silva da Mota e Liendrew Silva da Mota, de 20 e 19 anos, respectivamente, foram presos suspeitos de matar Dionio Carvalho da Mota, 38, no dia 1º de janeiro deste ano, na Avenida Beira Rio, bairro Coroado, zona leste da capital. Liandrio e Liendrew são sobrinhos da vítima.

A prisão aconteceu durante a operação ‘Primus’, realizada pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) e pelo 30° Distrito Integrado de Polícia (DIP). O trio foi detido em diferentes vias públicas dos bairros Cachoeirinha e Coroado, zonas sul e leste de Manaus.

Levy Maciel Marques, Liandrio Silva da Mota e Liendrew Silva da Mota foram presos suspeitos da morte de Dionio Carvalho da Mota (Foto: Yago Frota)

Conforme a polícia, que considera a morte de Dionio como algo planejado, esse foi o primeiro homicídio de 2019. Os dois sobrinhos tinham a intenção de matar Jonathan, filho de Dionio. Já Levy foi contratado para executar o rapaz, mas na tentativa de defesa do filho, o pai acabou morrendo. “O Jonathan estaria se filiando a uma facção criminosa rival a dos primos que participavam”, destacou o delegado da DEHS, Paulo Martins.

Ainda de acordo com a polícia, o trio preso é “extremamente perigoso”. O também delegado Charles Araújo, salientou a participação de Liandrio em outros crimes. “Ele responde por latrocínio e tráfico de drogas. Além desse homicídio, o preso está envolvido no caso de um estudante morto na Universidade do Estado do Amazonas (UEA)”.

Os três homens serão encaminhados ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), no quilômetro 8 da BR-174, onde permanecem à disposição da Justiça.

Anúncio