Venezuelano é apreendido por ameaçar moradores de Iranduba

O adolescente de 17 anos estava sendo investigado por ameaçar os moradores da área, em posse de um simulacro de arma de fogo

Manaus – Um adolescente venezuelano, de 17 anos, foi apreendido, provisoriamente, na manhã desta quarta-feira (5), na Rua Mady, bairro Altos de Nazaré, no município de Iranduba (a 27 quilômetros a sudoeste de Manaus). Ele estava sendo investigado por ameaçar os moradores da área, em posse de um simulacro de arma de fogo.

Durante revista na casa do adolescente, o simulacro de arma de fogo, usado para ameaçar as vítimas, foi apreendido. Conforme a Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), o venezuelano estava sendo investigado, desde o início deste ano, por fazer ameaças aos moradores. Além disso, o adolescente é responsável por um acidente de trânsito com vítima lesionada, ocorrido em setembro de 2018, em Iranduba.

A ordem judicial foi expedida no dia 29 de maio deste ano, pelo juiz Carlos Henrique Jardim da Silva, da Comarca de Iranduba. De acordo com a PC, o mandado de busca e apreensão e internação provisória foi cumprido pela equipe de investigação do Posto de Policiamento Integrado (PPI), do Distrito de Cacau Pirêra.

O adolescente irá responder por ato infracional semelhante ao crime de ameaça e acidente de trânsito com vítima lesionada. Ele será transferido para a Unidade de Internação Provisória (UPI), no bairro Alvorada, zona centro-oeste de Manaus.

Anúncio
Anúncio