Vigilante morre após ser baleado em assalto a mercadinho no Novo Aleixo

Joel da Silva Neves Filho, 43, estava trabalhando no local quando foi surpreendido por dois assaltantes, segundo a irmã dele. Ele foi levado ao hospital, mas não resistiu

Manaus – O vigilante Joel da Silva Neves Filho, 43, morreu na noite do último sábado (29), no Hospital e Pronto-Socorro Dr. Platão Araújo,  após ser atingido, minutos antes, com um tiro na barriga. De acordo com a irmã dele, Simone Neves, ele estava fazendo ‘bico’ de segurança para um mercadinho, no Conjunto Amazonino Mendes, no Novo Aleixo, zona norte de Manaus, quando foi rendido por dois assaltantes,  que fugiram sem ser identificados, levando um celular.

O homem foi  levado ao Hospital Platão Araújo, mas não resistiu ao ferimento  (Foto: Raquel Miranda)

A irmã dele informou que Joel sempre fazia serviços como vigilante para o mercadinho. Por volta das 19h30, ele estava do lado de fora do comércio,  quando suspeitos em motos e carros chegaram e anunciaram o assalto. Após o anúncio efetuaram os disparos, sendo que dos atingiram o vigilantes na barriga, um de raspão.

Após os disparos, o vigilante caiu e os assaltantes o revistaram e levaram o celular da vítima. “A gente acredita que os criminosos pensaram que meu irmão tinha arma e por isso o revistaram”, disse.

Joel ainda chegou a ser socorrido e levado ao hospital , mas já chegou ao local morto.

Na manhã deste domingo, o dono do mercadinho, onde a irmã disse que ele estava  trabalhando, negou que ele estava tirando serviço no local.

Anúncio