Vítima de assalto é morta após dizer que não tinha nada de valor, em Itacoatiara

Segundo a polícia, o tripulante Adriano Nascimento foi assassinado com um tiro no tórax. Ele estava acompanhado de um amigo, que teve objetos pessoais roubados por dois homens

Manaus – O tripulante Adriano Nascimento, 41, foi assassinado com um tiro no tórax, na madrugada desta terça-feira (12), durante um assalto em Itacoatiara (a 176 quilômetros de Manaus). De acordo com o comandante do 2º Batalhão da Polícia Militar (BPM), tenente-coronel Marcos Beckman, o crime foi praticado por dois homens após Nascimento ter dito que não tinha nada de valor para entregar aos criminosos.

BO sobre o caso foi registrado na delegacia do município (Foto: Reprodução)

O comandante informou que Adriano estava junto com um amigo, identificado como Auquimar Leite, 45, no Beco Stone. Segundo a polícia, eles estavam indo em direção a uma balsa petrolífera, ancorada no porto da cidade, quando foram atacados pelos criminosos.

A dupla, segundo o coronel, roubou de Auquimar um celular, um cordão de ouro e R$ 20. Quando foram roubar Adriano, o tripulante informou que não possuía nada e foi baleado com um tiro no peito. Após os disparos, a dupla fugiu.

Adriano ainda chegou a ser socorrido e levado para o Hospital José Mendes, mas não resistiu e morreu. O caso foi atendido pela Polícia Militar (PM), e repassado à Polícia Civil (PC), que deve investigar o crime.

Anúncio
Anúncio