Ponte do Educandos será totalmente interditada a partir da próxima segunda-feira

Interdição deve durar aproximadamente 120 dias e faz parte das obras de revitalização da ponte

Manaus – A ponte Antônio Plácido de Souza, que liga o bairro Educandos ao Centro, será totalmente interditada para o tráfego de veículos a partir da próxima segunda-feira (20). A interdição é necessária para continuidade da obra de revitalização realizada pela Prefeitura de Manaus e deve durar aproximadamente 120 dias.

Os condutores devem ficar atentos aos desvios de itinerário na área da obra por causa da interdição (Foto: Diego Caja/Seminf/Divulgação)

Durante esse período, o condutor deve ficar atento aos desvios de itinerário na área da obra. No sentido Centro/bairro, o tráfego será desviado a partir da Avenida Lourenço da Silva Braga em direção à Avenida Leopoldo Peres. A partir daí, o condutor poderá seguir pela Avenida Presidente Kennedy ou outras vias do bairro de Educandos.

O desvio para quem segue no sentido bairro/Centro começa na Avenida Leopoldo Peres, que segue em direção à Avenida Lourenço da Silva Braga. Ainda no sentido bairro/Centro, o acesso local será mantido para quem segue na Rua Inácio Guimarães. Agentes de trânsito do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (Immu) estarão no local para monitorar o tráfego durante a intervenção.

Obra

Segundo a Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf), os serviços já foram finalizados na parte inferior da ponte, onde as equipes concluíram a recuperação dos pilares com limpeza de superfícies com jatos de alta pressão, lixamento manual nas paredes de concreto, revestimento nas partes internas das paredes e pintura de toda área que fica submersa durante a cheia. Agora, a obra avança para a reforma da estrutura total da ponte, na parte superior.

“Na manhã de segunda-feira, a ponte já estará tapumada para a realização dos serviços. Vamos trabalhar no guarda-corpo e tabuleiro da ponte, promovendo o restauro das vigas, longarinas e os demais componentes da estrutura. Para o acesso dos pedestres, será disponibilizada uma catraia para a travessia do igarapé”, explicou o secretário da Seminf, Kelton Aguiar.