Praça da Matriz é reinaugurada com festa e bênção do arcebispo de Manaus

A praça, que faz parte do Centro Histórico da Cidade foi aberta ao público a partir das 15h30

Manaus – A praça XV de Novembro, conhecida como Praça da Matriz, foi reinaugurada, nesta quarta-feira (15), feriado de Proclamação da República. Com festa e apresentação de atrações locais, o ato também foi marcado por cânticos, orações e a benção do arcebispo de Manaus, Don Sérgio Castriani.

(Foto: Raquel Miranda)

A praça, que faz parte do Centro Histórico da Cidade foi aberta ao público a partir das 15h30 e no decorrer da tarde até a noite, o público que era a maioria formada  por jovens casais, famílias e idosos, transitava pelo local registrando tudo com celular.

O prefeito de Manaus, Arthur Neto (PSDB), afirmou que a reforma da praça, é um reencontro com o Centro Histórico. “O manauara quer voltar a vir aqui para contemplar essa beleza. Eu vinha pra cá com minha mãe, minhas tias, e para mim é um sonho. A Praça está aqui é a cada momento nós vamos trazer de volta essas belezas da nossa cidade”, comemorou o prefeito, ao lembrar que está data também é o aniversário dele. “Tem gente que pensa que isso é pra mim (risos) mas isso é para Manaus. Eu estou feliz por trazer a praça de volta. Agora vamos continuar com outras obras” afirmou Arthur, ressaltando que tem o compromisso, assim como todos da cidade, de conservar toda a restauração feita na Matriz.

O segurança Roney Lima Barbosa, 23, que passeava com a esposa e filha, aprovou a reforma. “Agora está 100% boa. Agora posso trazer a família para passear aqui tranquilamente. Na época que ela não estava liberada tinha algo faltando para quem anda pelo centro. Eu trabalho aqui próximo e agora é muito bom ver que está bonita. Parabéns a Prefeitura”, afirmou enquanto fazia ‘selfie’ com a filha.

A comerciante, Neuza Silva, 56, afirmou que frequenta a Catedral Metropolitana de Manaus e que precisava passar pela Praça para para ir às missas. “Eu estou achando tudo muito bonito e ficou uma praça diferente. Agora é uma praça de verdade. Eu vinha muito aqui, e era uma bagunça, agora nós manauaras estamos de parabéns e devemos cuidar daqui”, disse.

A aposentada, Liberalina Sarrazin da Silva, 84, disse que desde quando mudou-se do Estado do Pará ao Amazonas frequentava a Praça. “Já fazem 30 anos que eu frequento esse lugar que eu sempre achei lindo. Eu frequento a igreja dessa praça e eu gostei muito de agora poder parar aqui e passar um tempo um tempo aqui. Gostei muito”, destacou.

O permissionário Fausto Isaac Sahdo, 60, que é o responsável pela manutenção do Relógio da Matriz, disse estar orgulhoso. Emocionado, ele afirmou que a restauração do relógio é um dos principais pontos da cidade e, segundo ele, deve ser preservado. “É um orgulho, pois, meu pai deu a vida por esse relógio, por cuidar desse patrimônio. Espero que meu filho dê prosseguimento nessa história”, disse o Fausto, ao ressaltar que o pai dele, Faiez Isaac Sahdo, foi o primeiro permissionário do relógio, em 1945.

Anúncio