Praça do Consumidor: atendimento ao público termina nesta quarta-feira

Ação contou com mais de 15 serviços disponíveis ao público

Manaus – Com mais de 15 serviços disponíveis ao público, encerra nesta quarta-feira (23) a edição da Praça do Consumidor no bairro Novo Israel, Zona Norte de Manaus. Promovida pela Comissão de Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa do Estado  (CDC/ALE), em parceria com a Defensoria Pública do Estado (DPE-AM), a ação conta com a participação de representantes das empresas Amazonas Energia e Águas de Manaus.

No primeiro dia da ação, foi contabilizado um total de 534 atendimentos (Foto: Divulgação/ALE)

Das 8h às 13h desta terça-feira (22), primeiro dia da ação, foi contabilizado um total de 534 atendimentos na Escola Estadual Inspetora Dulcinéia Varela Moura, localizada na rua Yamoré, 220. Serviços ofertados pela DPE-AM, Câmara de Dirigentes Lojistas de Manaus (CDL-Manaus) e Sine-Manaus foram os mais procurados pela população.

De acordo com o presidente da CDC/ALE, deputado estadual João Luiz (Republicanos), além das questões relacionadas a consumo, como negociação de dívidas e contestação de faturamento com as concessionárias de energia e água, também são ofertados serviços de agendamento para a emissão da carteira de trabalho e cadastro de emprego.

“Essa é a forma mais prática de aproximar o Poder Legislativo e os serviços públicos da população. Por isso, nós da CDC/ALE, investimos, cada vez mais, em parcerias que promovam ações como a Praça do Consumidor, com serviços e soluções eficazes à sociedade”, afirmou João Luiz, ao agradecer o apoio de órgãos municipais e estaduais, instituições e prestadores de serviços.

Outros serviços

A Praça do Consumidor disponibiliza, ainda, consultas gratuitas ao Serviço de Proteção ao Consumidor (SPC) e cadastros Positivo e de Emprego; orientação e solução de casos de pensão alimentícia, processos de guarda e divórcio; orientação e cadastro de benefícios de assistência social junto ao Centro de Referência de Assistência Social (CRAS/Semasc); orientação, negociação e solicitação de isenção por falta de capacidade contributiva e outros relacionados ao Imposto Predial de Território Urbano (IPTU); e expedição de CPF com os Correios (único serviço cobrado).Os serviços citados serão ofertados pelo Instituto de Identificação da Secretaria de Estado de Segurança Público (SSP-AM); Correios; secretarias municipais de Assistência Social e Cidadania (Semasc), de Trabalho, Empreendedorismo e Inovação (Semtepi/Sine) e de Economia e Finanças (Semef).

Anúncio