Prefeitura apresenta maquinário para ampliar serviço de limpeza de igarapés em Manaus

Em média, 36 igarapés de Manaus recebem o serviço de limpeza por mês

Manaus – Um conjunto com 12 equipamentos, que está sendo utilizado na limpeza de igarapés, foi apresentado na manhã desta segunda-feira (19), na Praia da Ponta Negra, zona oeste, pela Prefeitura de Manaus. Segundo o prefeito da cidade, Arthur Virgílio Neto, o maquinário dará mais agilidade e rapidez no serviço de limpeza.

O prefeito alertou que os trabalhos iniciaram há alguns dias (Foto: Divulgação)

Ao todo, duas balsas, dois empurradores, duas escavadeiras hidráulicas, uma embarcação auto propulsora tipo carga geral e cinco botes com motores de popa já estão sendo utilizados pela Secretaria Municipal de Limpeza Urbana (Semulsp), para a coleta fluvial de resíduos nas margens de rios e igarapés da capital amazonense.

O prefeito alertou que os trabalhos iniciaram há alguns dias. Segundo ele, a coleta em igarapés é uma das caras, por conta da dificuldade, além de ser um “lixo desnecessário” que poderia ser evitado.

Duas balsas, dois empurradores, duas escavadeiras hidráulicas, uma embarcação auto propulsora tipo carga geral e cinco botes com motores de popa já estão sendo utilizados na ação (Foto: Divulgação)

“Eu volto a pedir a população para que não jogue lixo em igarapé, porque esse é um dinheiro jogado fora. A gente podia pegar esse dinheiro e investir em outra coisa, dentro da própria secretaria de limpeza pública e meio ambiente”, disse.

Em média, 36 igarapés recebem o serviço de limpeza por mês, no qual 880 toneladas de resíduos são retiradas dos rios, gerando um custo de quase R$ 1 milhão aos cofres municipais. No acumulado de janeiro a junho, já foram retiradas mais de 5,3 mil toneladas de lixo dos rios e igarapés da cidade, conforme dados divulgados pela prefeitura.