Prefeitura de Manaus inicia vacinação contra a Covid-19

Ao todo, 30 profissionais da saúde, que hoje atuam na linha de frente, foram vacinados na manhã desta terça-feira (19)

Manaus – Uma cerimônia realizada na sede da Prefeitura de Manaus, zona oeste da capital, deu início a vacinação contra a Covid-19 na cidade. Ao todo, 30 profissionais da saúde, que hoje atuam na linha de frente, foram vacinados na manhã desta terça-feira(19).

Segundo o prefeito de Manaus, David Almeida,  para a vacinação dos demais profissionais de saúde, as equipes irão aos hospitais e, durante as trocas de plantão, farão a imunização do grupo.

David reforçou que Manaus paga o preço das festas de final de ano. “As pessoas que fizeram aquela insubordinação, nós estamos pagando as consequências das aglomerações do final de ano”, afirmou Almeida.

Ainda segundo com o prefeito, mesmo com a chegada da vacina, os cuidados devem continuar. “Essa vacinação, de toda a população, levará um ano no mínimo, pois não há vacina no mundo” declarou ele.

Manaus nesse primeiro momento receberá 40.072 doses da vacina, o que frustrou o prefeito da cidade.

“Eu achava que seria dividido baseado na proporcionalidade. Esperávamos mais e nos programamos para mais, mas faremos um jeito”, informou Almeida.

A cidade segue em negociações para trazer mais doses imunizantes ao estado. “Nós tínhamos a possibilidade de adquirir de 500 a 700 mil vacinas. Estavam oferecendo a Astrazenica, mas com um preço impraticável. Agora, o valor de 25 dólares já diminuiu para 8 dólares, sendo assim, Manaus segue lutando para que a gente possa adquirir vacina, pois a população espera por isso”, explicou David.

Vacinação

O intervalo entre uma dose e outra podem variar entre 14 a 21 dias para que faça o efeito necessário. Além disso, é necessário que a segunda dose seja da mesma marca e que sejam esperados 45 dias para que ela atinga o efeito esperado.

Anúncio