Prefeitura garante funcionamento dos 3 primeiros complexos escolares, em 2020

Cada um dos complexos comporta a estrutura de um Centro Municipal de Ensino Infantil (Cmei), com capacidade para 400 crianças, e uma Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef), para 1.240 alunos

Manaus – De acordo com a Prefeitura de Manaus, três novos complexos escolares que estão em construção estarão em pleno funcionamento no início do ano letivo de 2020, abrindo 4,8 mil novas vagas na rede municipal de ensino. São os Centros Integrados Municipais de Ensino (Cimes) que contam com Ensino Infantil, Ensino Fundamental e creches.

Segundo a Prefeitura, os Cimes integram o Projeto de Expansão e Melhoria Educacional da Rede Pública Municipal de Manaus (Proemem), com recursos obtidos junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) de US$ 52 milhões. Ao todo, a Prefeitura pretende entregar 11 complexos educacionais, sendo sete na primeira etapa.

No Cime em construção na zona norte, estão sendo feitas obras de regularização do solo para o início das fundações. (Foto: Alex Pazuello/Semcom Divulgação)

Nesta segunda-feira (10), o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, e a secretária municipal de Educação (Semed), Kátia Schweickardt, acompanharam as obras no Cime em construção na Avenida Comendador José Cruz, Lago Azul, zona norte da cidade, que vai atender crianças dos conjuntos residenciais Viver Melhor, Harmonia, Total Ville e comunidades do parque Santa Etelvina. No local, são feitas as obras de regularização do solo para o início das fundações.

“Só os três primeiros complexos, entre Emefs e Cemeis, já garantem em torno de 5 mil vagas. Na primeira etapa, são sete conjuntos e a contrapartida da Prefeitura são as creches, então, teremos sete creches para nós mudarmos a cara física da educação nos bairros em Manaus. Vão ser, talvez, as escolas mais bonitas da cidade e com ensino de qualidade, com avanços tecnológicos, o que vai nos possibilitar fazer um ensino ainda melhor”, afirmou o prefeito.

Outros dois Cimes já estão com as obras mais adiantadas. Um deles está sendo construído na Rua Prímula, Distrito Industrial 2, e o outro na Rua São Pedro, bairro Jorge Teixeira, ambos na zona leste. “As escolas estão sendo construídas onde elas são mais necessárias e onde é preciso se dar uma volta por cima”, disse o prefeito. “Nós estamos procurando equalizar as oportunidades, para que seja dada a possibilidade de se construir uma vida próspera para si e para os seus”, completou Arthur Neto.

De acordo com a Prefeitura, o Proemem é a vitória de uma luta para obter recursos de investimentos na expansão da rede física das escolas municipais, valorização dos professores e processos pedagógicos eficientes. “Este ano, graças ao empenho de todos, as obras começaram e não vão parar. Independentemente de termos obras em andamento, nós conseguimos também do desempenho dos nossos alunos”, destacou a secretária da Semed, Kátia Schweickardt.

Com área total de 9,5 mil metros, cada um dos Cimes comporta a estrutura de um Centro Municipal de Ensino Infantil (Cmei), com capacidade para atender 400 crianças, e uma Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef), que atenderá 1.240, totalizando mais de 1,6 mil novas vagas por complexo educacional.

“Essa obra vai beneficiar milhares e centenas de crianças que moram no Viver Melhor, nos condomínios e comunidades próximas”, afirmou o líder comunitário Renato Castro.