Prefeitura garante pagamento do 13º salário de 7,9 mil rodoviários até terça-feira

Pagamento de trabalhadores das empresas do transporte público soma mais de R$ 12,1 milhões. Nova greve da categoria está descartada

Manaus – Após acordo firmado no Ministério Público do Trabalho (MPT), no início deste mês, a Prefeitura de Manaus informou que deve concluir, até esta terça-feira (19), o pagamento do 13º salário dos 7.974 trabalhadores das empresas concessionárias do transporte público, o que soma mais de R$ 12,1 milhões. Com o direito trabalhista assegurado, está descartada nova greve da categoria.

Com o direito trabalhista assegurado, está descartada nova greve da categoria (Foto: Sandro Pereira)

O pagamento por parte da Prefeitura é resultado de acordo firmado em audiência, na primeira semana deste mês, no Ministério Público do Trabalho, presidida pelo procurador chefe, Jorsinei Dourado, junto aos Sindicatos dos Trabalhadores Rodoviários de Manaus, empresas do setor, representantes do Executivo Municipal e da Câmara Municipal de Manaus.

Ficou definido que o município realizasse o pagamento diretamente aos trabalhadores, em compensação de créditos que as empresas de transporte tinham a receber da Prefeitura. Trata-se de recursos do tesouro municipal da ordem de R$ 7,871 milhões, referentes à gratuidade de passagem em eleições passadas e ao pagamento das duas últimas parcelas de subsídio, que somam R$ 4,3 milhões.

Segundo o secretário municipal de Finanças, Tecnologia da Informação e Controle Interno (Semef), Lourival Praia, o Ministério Público do Trabalho determinou que o município fizesse o pagamento diretamente nas contas dos trabalhadores.

“Com um sistema atualmente deficitário, as empresas de transporte não conseguiram fazer o depósito mensal e assegurar o pagamento do décimo dos funcionários. Além disso, as empresas possuem débitos trabalhistas e de tributos federais e estaduais. Não seria possível repassar esses valores diretamente às contas das empresas”, disse.

Anúncio