Prefeitura intensifica retirada de lixo em orlas de igarapés de Manaus

No balanço de janeiro a agosto deste ano, serviço de retirada de lixo e capinagem das encostas coletou, aproximadamente, oito toneladas de lixo de igarapés, orlas e praias

Manaus – Com a descida do rio Negro, a Prefeitura de Manaus tem intensificado a retirada de resíduos sólidos acumulados nas orlas da capital amazonense. Mais de cem agentes da Secretaria Municipal de Limpeza Urbana (Semulsp) estão distribuídos em diferentes zonas da cidade nesta terça-feira (29). No balanço de janeiro a agosto deste ano, o serviço de retirada de lixo e capinagem das encostas coletou, aproximadamente, oito toneladas de lixo de igarapés, orlas e praias.

Para o subsecretário Operacional da Semulsp, José Rebouças, essa é uma modalidade essencial para a saúde da cidade, principalmente nesta época do ano. “A limpeza do rio e de igarapés é uma das prioridades do prefeito Arthur Virgílio Neto, que não mede esforços para mantermos esses locais limpos e protegermos esses recursos. Mas precisamos que a população nos ajude a manter esses locais limpos, evitando jogar lixo no chão e dispondo dos resíduos em locais adequados”, avaliou.

Serviço de retirada de lixo e capinagem das encostas coletou, aproximadamente, oito toneladas de lixo de igarapés, orlas e praias (Foto: Márcio James / Semcom)

 

Os agentes de limpeza do município atuam na Manaus Moderna (zona Sul), orla do São Raimundo (zona Sul), orla da Glória (zona Oeste), Porto de Manaus (zona Sul) e Marina do Davi (zona Oeste). Toda a logística faz parte da modalidade da limpeza de igarapés que utilizam equipamentos específicos para coleta e remoção do lixo em lugares estratégicos. São balsas, botes, retroescavadeiras, rede de contenção, além do trabalho manual dos agentes, como pá e carrinho de mão.

A dona de casa Suzete Dário da Silva, 67, que estava na Marina do Davi com destino ao seu terreno, no Tarumã-Mirim, ressaltou que essa grande quantidade de lixo é devido a falta de compromisso da população. “Água é vida, todo mundo tem que preservar, cuidar do nosso ambiente. As pessoas precisam entender que é fácil você recolher seu lixo e depositar onde o lixeiro coleta, para mim não há dificuldade nisso”, ressaltou ela.

Anúncio