Primeira etapa do ‘Manauara 2’ será entregue até março de 2020, garante Arthur Neto

Parte dos apartamentos populares irá beneficiar famílias vítimas do incêndio no Educandos. Prefeito de Manaus também anunciou a prorrogação, por mais seis meses, do auxílio aluguel a essas famílias

Manaus – O prefeito Arthur Virgílio Neto recebeu na tarde desta segunda-feira (2), no auditório da sede da Prefeitura de Manaus, cem famílias vítimas do incêndio ocorrido no bairro Educandos, em dezembro de 2018, que serão beneficiadas com apartamentos populares do Residencial Cidadão Manauara 2, como parte do Programa de Habitação e Regularização Fundiária de Manaus.

O prefeito explicou às famílias que a etapa ‘A’ do Manauara 2 irá entregar 500 apartamentos, e que desse total, cem serão destinadas à elas. A obra está mais de 90% concluída, e a previsão é que seja entregue no primeiro quadrimestre de 2020.

“Aproveitamos o nosso projeto habitacional em parceria com o ‘Minha Casa, Minha Vida’ para ajudar essas pessoas. Mais uma vez, quero me solidarizar com as famílias que passaram por essa fatalidade (incêndio). Também anuncio que estenderei, por mais seis meses, o auxílio aluguel, pois um ano não é o suficiente para ajudar quem já perdeu tudo”, disse Arthur.

Segundo o prefeito Arthur Neto, a previsão é que o Residencial Cidadão Manauara 2 seja entregue no primeiro quadrimestre de 2020 (Foto: Thiago Modesto/GDC)

Segundo a Prefeitura de Manaus, a parte ‘B’ do Residencial Cidadão Manauara 2 está prevista para ser entregue no segundo semestre do próximo ano, com mais 500 apartamentos, quando outros cem serão destinados às famílias atingidas pelo incêndio. Atualmente, cerca de 25 mil famílias da capital já foram beneficiadas com ações de habitação e entrega de títulos definitivos pela atual gestão municipal.

De acordo com o responsável pelo Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb), Cláudio Guenka, as obras da parte ‘B’ do residencial estão com 45% de conclusão, e todas as famílias selecionadas para a nova fase já iniciaram o processo de confirmação dos documentos.

“O ‘Minha Casa, Minha Vida’ se sensibilizou com a nossa causa e, em caráter de urgência, cedeu parte dos apartamentos para que fosse destinado diretamente a estas famílias. Nossa obra corre bem e está em dia, sem atrasos. Isso mostra a responsabilidade que o prefeito tem com o povo manauara”, declarou.

Anúncio