Primeira praça para Food Trucks entra em fase final em Manaus

Dez food trucks irão funcionar no espaço que está na fase de terraplanagem do solo e construção de calçadas na zona centro-sul da capital

Manaus – O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, vistoriou nesta quarta-feira (18), a fase final da obra da primeira praça pública para food trucks da cidade, localizada entre as avenidas Mário Ypiranga Monteiro e Constantino Nery, zona centro-sul. Construído com recursos do Tesouro municipal, o espaço requalificado e urbanizado será entregue ainda este ano à população.

“Essa obra me parecia atrasada, mas, para minha alegria, está dentro do prazo de construção, com entrega prevista para 8 de dezembro. A obra está na fase de terraplanagem do solo, construção de calçadas, jardinagem e paisagismo. São dez food trucks, que funcionarão no espaço, sem impedir a passagem de pedestres entre as principais vias da região. Uma obra simples, mas de grande importância para valorização desse terreno”, disse o prefeito Arthur Neto.

Espaço terá vagas de estacionamento, que poderão ser usadas por moradores e visitantes, e área de comércio (Foto: Alex Pazuello/ Semcom)

A área fica nas proximidades do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), que antes servia de atalho para veículos leves, e recebeu tratamento para reordenamento com projeto desenvolvido e executado pelo Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb). O espaço passará a ter contornos de parque público, com plantio de árvores, paisagismo, iluminação pública e equipamentos como bancos e lixeiras, além de acessibilidade e sinalizações vertical e horizontal.

“A requalificação urbana acontece em diversos níveis, levando mudanças para onde a população precisa de melhorias. Nos próximos dias, faremos reuniões para analisar os segmentos alimentícios no local e, posteriormente, a realização do processo de licitação. Por hora, temos a autorização de ‘uso precário’ de três meses para o funcionamento imediato do local”, explicou o diretor-presidente do Implurb, engenheiro Claudio Guenka.

A ocupação ordenada do espaço será estimulada com vagas de estacionamento, que podem ser usadas por moradores e visitantes, e pela área de comércio criada para abrigar food trucks, dentro das normas sanitárias vigentes. Como o trecho recebe muito fluxo de pedestres, os carros de comida para lanches e refeições rápidas vão funcionar como uma praça de alimentação ao ar livre, aliada à criação de geração de renda com as ocupações das atividades econômicas.

Decreto

Em 2016, o prefeito de Manaus assinou o Decreto 3.355/2016, que regulamenta a atividade de comida de rua com uso de veículos e similares em áreas públicas da cidade, a exemplo do que já ocorre em grandes capitais brasileiras e do mundo.

Anúncio