Procon fiscaliza preços de postos e supermercados, em Manaus

Após denúncias de prática de preços abusivos, o Procon realizará na tarde desta sexta, uma blitz em postos de combustíveis e supermercados. O órgão divulgou número de telefone para denúncias

Manaus – Após denúncias de prática de preços abusivos, a Ouvidoria e Proteção ao Consumidor de Manaus (Procon Manaus) realiza, na tarde desta sexta-feira (25), uma fiscalização nos postos de combustível e nos supermercados da cidade. Caso o estabelecimento comercial seja flagrado praticando cobrança muito superior ao estabelecido, o Procon Municipal poderá multar e até interditar a unidade.

Em alguns postos já é possível encontrar o litro da gasolina a R$ 4,99. (Foto: Jimmy Geber)

O órgão alerta, ainda, que o consumidor que se sentir lesado deve documentar e denunciar os supostos infratores por meio do Whatsapp 98842-3030. Segundo o Procon, o consumidor deve anexar à denúncia imagem do cupom fiscal ou, na falta dele, o máximo de informações sobre o estabelecimento, nome/bandeira (no caso de posto de combustível), endereço, data de compra e preços praticados – se possível com fotos.

Após o anúncio da greve dos caminhoneiros, motoristas formam filas em postos de combustíveis desde a noite desta quinta-feira (24) para tentar garantir a gasolina. Segundo a frentista Denise Maia, o fluxo de vendas foi considerado acima do normal. Ela disse que chegou a abastecer 190 litros de gasolina para uma única empresa, nesta quinta-feira (24). A reportagem identificou filas em postos nas zonas Centro-Oeste, Oste e Norte.

Segundo o presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo, Lubrificantes, Álcool e Gás Natural do Amazonas (Sindcam), Luiz Felipe Moura Pinto, o estoque dos postos de combustíveis deve durar até este sábado (26), caso o carregamento de derivados continue paralisado. Entretanto, alguns postos já estão fechados e em outros já é possível encontrar o litro da gasolina a R$ 4,99 De acordo com o presidente do Sindcam, a duração do estoque varia em cada estabelecimento.

 

Anúncio