Projeto irá premiar histórias de vida de mulheres empreendedoras de Manaus

O Biografias colaborativas vai selecionar cinco mulheres e transformar suas histórias de vida em livros. O prêmio será no valor de R$ 10 mil

Manaus – Em busca de histórias inspiradoras na cidade ‘Biografias colaborativas‘ está com inscrições abertas. Projeto conta com apoio da Águas de Manaus. Um projeto do Ministério do Turismo e da concessionária Águas de Manaus pode ajudar a realizar este sonho.

A empresa está em busca de mulheres empreendedoras, moradoras da cidade de Manaus, que queiram participar do projeto “Biografias Colaborativas“, que está sendo lançado na cidade nesta semana.

O Biografias colaborativas vai selecionar cinco mulheres e transformar suas histórias de vida em livros. As biografadas ainda receberão capacitação e R$ 10 mil para aplicar em seus negócios.

Para se candidatar a uma das vagas, as interessadas devem enviar um vídeo de até 1 minuto contando sobre sua história e o seu empreendimento. Vale de tudo. Uma pequena banca de comida, a dona de um brechó, autônomas, produtoras culturais, projetos sociais, trabalhos comunitários, etc. Quanto mais criativo for o vídeo, melhor! A candidata deverá se identificar falando o seu nome e sobrenome, telefone de contato e o bairro onde mora em Manaus.

Os vídeos deverão ser enviados somente pelo WhatsApp (92) 99236-6161 ou pelo e-mail [email protected], até 26 de abril. Uma banca técnica vai selecionar as melhores histórias.

O projeto Biografias Colaborativas é apresentado pelo Ministério do Turismo, através da Lei de Incentivo à Cultura, patrocinado pela Águas de Manaus, idealizado pela NBS SoMa, com realização da Sagre Consultoria, Secretaria Especial da Cultura e Ministério do Turismo.

Para o gerente de responsabilidade social da Águas de Manaus, Semy Ferraz, o objetivo do projeto é dar voz às mulheres que tem trajetórias exemplares, mas, que muitas vezes são “invisíveis” para a sociedade. “O Biografias Colaborativas mostra justamente que tais histórias existem, são exemplos de coragem de mulheres fortes, que promovem o respeito a diversidade e inclusão. Muitas vezes, elas precisam apenas de um incentivo. Nosso objetivo é dar visibilidade para essas histórias e, a partir disso, inspirar outras pessoas na cidade”, afirma Semy.

Escrevendo histórias – As cinco mulheres selecionadas vão contar com um biógrafo exclusivo e passarão a compartilhar suas rotinas ao longo dos próximos meses para confecção do livro. A previsão é que, no segundo semestre deste ano, as cinco biografias colaborativas sejam lançadas na cidade e estejam disponíveis para qualquer pessoa adquirir em livrarias e sites. Além da premiação inicial, as biografadas ainda receberão ainda os valores referentes aos direitos autorais da venda das biografias.

Os livros, porém, terão o último capítulo em branco, pois a renda das vendas será direcionada ao negócio de cada empreendedora. Assim, essas histórias inspiradoras continuarão sendo escritas a muitas mãos. Desta vez, com a participação do leitor que incentivar o projeto. Os capítulos finais dos livros, que contarão como as mulheres biografadas tiveram seu potencial empreendedor potencializado através desta iniciativa, serão disponibilizados no site do projeto – um mês após o lançamento – para os leitores que adquirirem os exemplares.