Projeto oferece capacitação gratuita para indígenas em Manaus

50 indígenas ganharão bolsas para cursos como marketing digital, empreendedorismo, chocolateria e técnicas de administração 

Manaus –  Centro Universitário da rede privada em Manaus vai conceder bolsas de cursos de capacitação para 50 indígenas residentes em Manaus. O projeto Capacita + Inclusão da População Indígena será lançado na próxima segunda-feira(19), dia em que se comemora o Dia do Índio, como uma forma de celebrar a história e a cultura desses povos. O objetivo é promover a inclusão da população indígena por meio de cursos de qualificação profissional.

Indígenas recebem capacitação de Centro universitário em Manaus. (Foto: Divulgação / Assessoria)

Os alunos indígenas são das etnias Tikuna, Cambeba e Kokama, selecionados dentro de três comunidades tradicionais da capital: Organização dos Cambebas do Alto Solimões (OCAS), Associação Comunidade Wotchimaücü e Comunidade Nova Esperança Kokama. Já os cursos serão oferecidos na modalidade EaD, por meio da plataforma GoKursos, e incluem: Técnicas de administração, Marketing digital, Oratória, Desenvolvimento pessoal e trabalhabilidade, Administração de produtos e serviços, Chocolateria, Compota, açúcar e sorvete e Confeitaria e doçaria.

A coordenadora de Responsabilidade Social da unidade de ensino, Gilmara Teles, explica que os cursos foram escolhidos pelos próprios indígenas. “Apresentamos a eles o catálogo de cursos disponíveis e eles selecionaram aqueles que consideram que vão enriquecer mais seus currículos e ampliar as chances de negócios e dentro do mercado de trabalho”, afirma.

O Centro Universitário prestará apoio pedagógico aos indígenas, apresentando a metodologia e a plataforma das aulas. Segundo o coordenador da Comunidade Wotchimaücü, o tikuna Delmir Santana de Souza, este será o primeiro contato de muitos comunitários com a educação digital. Ele afirma que esta será uma oportunidade para os indígenas potencializarem suas habilidades.

“Essa formação digitalizada veio somar e fazer a diferença. A maioria de nós escolheu técnicas de administração porque já trabalhamos com artesanato, então esse conhecimento vai ajudar a desenvolver estratégias para nossos negócios. Acredito que essa parceria com a UNINORTE vai ser uma experiência satisfatória”, declara Delmir.

O Capacita + Inclusão Indígena faz parte da Agenda Positiva Manaus, projeto de Responsabilidade Social do grupo Ser Educacional, mantenedor da UNINORTE, para ampliar e fortalecer os vínculos da Instituição de Ensino com a comunidade manauara.