Publicitário Edmar Costa, fundador da Oana Publicidade, morre vítima de câncer

Edmar Costa era paulista e chegou a Manaus por volta de 1967, tornando-se popular através do programa ‘Corujão da Madrugada’, da rádio Difusora

Manaus – O fundador da Oana Publicidade, Edmar Costa, morreu em São Paulo, neste domingo (5), vítima de câncer no pâncreas. O publicitário paulista chegou à Manaus nos anos 60 e foi casado com a médica Cristina Costa . Ele morava e estava em tratamento na cidade de São Paulo desde julho de 2016, acompanhado pela filha Fabiana Costa. O publicitário será cremado em São Paulo.

Edmar Costa era paulista e chegou a Manaus por volta de 1967, tornando-se popular através do programa ‘Corujão da Madrugada’, da rádio Difusora, que entrava no ar à meia noite. Ele manteve um relacionamento com a socialite Marcelaine Santos Schumann.

Edmar Costa morreu em São Paulo, neste domingo (Foto: Reprodução)

Edmar também foi vice-presidente da Associação Latino-Americana de Agências de Publicidade (Alap). As cinzas serão levadas para Votuporanga, cidade onde ele nasceu.

Publicitários e empresários do Estado prestaram suas homenagens ao Corujão. Dentre os políticos que lamentaram a morte do publicitário, Serafim Corrêa (PSB) relembrou um antigo programa de rádio, pelo qual ficou conhecido como ‘Corujão’.

“Caros, estou muito triste. Recebi agora a notícia do falecimento do meu amigo de mais de 50 anos, o Edmar Costa, presidente da Oana Publicidade. Aqui chegou nos anos 60 vindo de Votupuranga. Tinha uma voz muito bonita e era um jovem cheio de iniciativas e muita criatividade. Procurou o saudoso Josué Claudio de Souza, o pai, e propôs fazer um programa no horário de 00:00 às 06:00 na Rádio Difusora. Chamava-se “O Corujão da Madrugada” , o que logo fez sucesso e lhe valeu o apelido de o Corujão”, lembrou Serafim em um post no Facebook.

O amigo do publicitário deixou suas condolências à família de Edmar, irmãos e filhos. “Deixa uma legião de amigos e admiradores. Hoje é um dia de tristeza para quem levou uma vida de bom humor e alegria. Descansa em paz, meu amigo Edmar, O Corujão”, finalizou.

***Matéria atualizada às 18h50

Anúncio