Semana Santa: vinte mil pessoas devem deixar a capital

Cerca de 1.180 fiscalizações vai ocorrer durante esse período

Manaus – Vinte mil pessoas devem utilizar o sistema de transporte intermunicipais hidroviário e rodoviário para acessar outros municípios do estado. A saída dos veículos começou a ser  fiscalizada na manhã desta quinta-feira (14) nas principais saídas de Manaus. A iniciativa segue até o dia 17 de abril, feriado de Páscoa.

Os setores técnicos da Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados e Contratados do Estado do Amazonas (Arsepam) estimam que 1.180 fiscalizações (total) ocorrerão no período.

O órgão avalia que 900 veículos do sistema regular (viagens entre terminais rodoviários), semiurbano (Manaus-Iranduba-Iranduba-Manaus), fretamento eventual e contínuo passem pelos postos fixos de fiscalização da autarquia. Ao todo, 8 mil passageiros devem optar pelo serviço de transporte rodoviário intermunicipal no período.

Postos

As fiscalizações voltadas ao serviço de transporte rodoviário intermunicipal de passageiros ocorrem no Terminal Rodoviário Engenheiro Huascar Angelim – Rodoviária de Manaus, bairro Flores, zona centro-sul; Ponte Jornalista Phelippe Daou (Ponte Rio Negro), em Iranduba; Barreira de Fiscalização Estadual (AM-010 e BR-174), bairro Santa Etelvina, zona norte; e Barreira da Avenida das Flores, bairro Lago Azul (entrada do Viver Melhor 1), zona norte.

No transporte hidroviário intermunicipal de passageiros, as abordagens acontecem no Porto de Manaus e nas balsas da Manaus Moderna, no Centro; e no Porto da Ceasa, Distrito Industrial, zona sul.

Anúncio