‘Sereia mirim’ abre campanha de conscientização ambiental em Manaus

A campanha de sensibilização busca fazer uma alerta sobre o lixo acumulado às margens dos rios e igarapés

Manaus – Em cliques criativos, a bebê Yeza Nikita de três anos foi fotografada nos pontos afetados pela cheia no centro de Manaus. Os registros foram feitos pelo pai da bebê, Daniel Gomes, para chamar atenção e alertar sobre o descarte incorreto do lixo nos rios. As imagens foram publicadas nas redes sociais nesta segunda-feira (24).

A cheia do Rio Negro já é a segunda maior da história, e hoje atingiu 29,89 metros. Yeza foi fotografada em três pontos da área central, a Feira Flutuante, que é a primeira do Brasil, no Relógio e o prédio da Alfândega.

De acordo com a mãe da bebê, a empresária Claudia Risques, a campanha de sensibilização busca fazer uma alerta sobre o lixo acumulado às margens dos rios e igarapés, principalmente, nesse período da subida dos rios.

“As fotos são uma campanha de sensibilização promovida pela Rota da Sereia quanto a questão do descarte de lixo. As margens estão cheias de lixo e igarapés também. A gente queria fazer essa sensibilização. A escolha da Yeza especificamente foi por conta da idade, simboliza o futuro”, explicou Claudia.

A mãe da bebê relata que a publicação realmente causou impacto nas pessoas. Outras ações ainda serão realizadas para sensibilizar a população também envolvendo adultos nos registros. “A gente está romantizando a questão, mas está esquecendo de falar sobre as políticas públicas”, destacou.

Anúncio