Sistema Integrado de Atenção do Pé Diabético será lançado nesta quinta-feira

Iniciativa vai ser divulgada pela Prefeitura de Manaus e a 58ª Promotoria de Direitos Humanos da Saúde Pública do Ministério Público do Amazonas

Manaus – A Prefeitura de Manaus e a 58ª Promotoria de Direitos Humanos da Saúde Pública do Ministério Público do Estado do Amazonas (MPE-AM) lançam, nesta quinta-feira (20), o Sistema Integrado de Atenção ao Pé Diabético (SIAPDMinis). A solenidade será realizada às 9h, no auditório Gebes Medeiros, na sede da Procuradoria Geral de Justiça, localizada na Avenida Coronel Teixeira, 7.995, bairro Nova Esperança, zona oeste.

O pé diabético é uma das complicações do diabetes mellitus de impacto irreversível. Tais complicações podem ser físicas, mentais e sociais e correspondem às deformidades anatômicas, lesões e amputações.

De impacto irreversível, o pé diabético é uma das complicações do diabetes mellitus (Foto: Reprodução)

“Nossa equipe técnica vem empreendendo esforços para a prevenção do pé diabético, com ações de promoção, prevenção e tratamento em todas as unidades básicas de saúde, incluindo o acompanhamento e monitoramento do usuário no Programa Hiperdia”, destacou o secretário municipal de Saúde, Marcelo Magaldi.

O aumento da cobertura da atenção primária, as constantes capacitações para os profissionais, a oferta do exame da avaliação neuromotora, o exame índice tornozelo braquial, que é realizado com o equipamento Doppler Vascular Portátil Periférico Pressórico nos usuários diabéticos, são algumas das estratégias utilizadas para ampliar o acesso e a qualidade desse serviço.

A prefeitura também implantou seis ambulatórios de referência municipal, que funcionam nas Unidades Básicas de Saúde Sálvio Belota, Áugias Gadelha, Guilherme Alexandre, Alfredo Campos, Dr. José Rayol dos Santos e Leonor de Freitas, onde é disponibilizado o curativo grau 2 nos usuários com lesões diabéticas, assegurando, desta forma, o tratamento imediato, o acompanhamento em tempo hábil da evolução das lesões, além de facilitar a identificação dos usuários faltosos, para que seja realizada a busca ativa dos mesmos.

O Sistema Integrado de Atenção ao Pé Diabético pretende garantir a continuidade e integralidade do cuidado aos usuários, a partir do fortalecimento da integração entre as redes municipal e estadual de Saúde.

O SIAPDMinis foi desenvolvido pelas secretarias municipal (Semsa) e estadual (Susam) de Saúde, e funcionará como ferramenta de apoio à gestão da Rede de Atenção à Saúde, e será utilizado nos níveis de Atenção Primária, Secundária e Terciária para referência e contra referência, fortalecendo assim o cuidado do usuário diabético com lesão.