SSP vai sepultar corpos de idosos não reconhecidos por familiares, em Manaus

De acordo com a SSP, os corpos serão enterrados devido a lotação da câmara fria do IML e pelo avançado estado de decomposição. Famílias ainda não foram localizadas

Manaus – A Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM) informou, por meio de nota, que irá realizar o sepultamento dos corpos de dois idosos, que não foram reconhecidos por familiares, no dia 30 deste mês, no Cemitério Nossa Senhora Aparecida, localizado no bairro Tarumã, zona oeste de Manaus.

De acordo com a SSP, os corpos serão enterrados devido a lotação da câmara fria do Instituto Médico Legal (IML) e pelo avançado estado de decomposição. O órgão afirmou, ainda, que apesar das tentativas, até o momento, os homens não foram reconhecidos por familiares.

Idosos devem ser enterrados no dia 30 deste mês, no Cemitério do Tarumã (Fotos: Divulgação/SSP)

João Ausete da Silva morreu no dia 27 de julho deste ano, por afogamento, no Porto da Balsa do São Raimundo, no bairro São Raimundo, na zona oeste de Manaus. Segundo o IML, o homem tinha idade entre 50 e 55 anos, 1,70 de altura, cabelo calvo, preto e liso, e usava uma bermuda quadriculada, camiseta preta e duas pulseiras de plástico.

O agricultor Anísio Carlota, de 72 anos, teve morte natural registrada no último dia 2 de agosto. O corpo do homem foi retirado do Hospital e Pronto Socorro 28 de Agosto, na zona centro-sul de Manaus. Nos registros do IML consta que o homem morava no Ramal do Pau Rosa, localizado no quilômetro 21 da BR-174, zona rural.