TCE apura denúncias em contratos de empresas de coleta de lixo no interior do AM

Denúncias de irregularidades marcam os contratos com empresas responsáveis pela coleta que lucram com o serviço

Manaus – Serviço essencial, principalmente, em todos os municípios do interior do Amazonas, o Tribunal de Contas do Estado (TCE) irá analisar com “lupas” os contratos firmados com as prefeituras com empresas responsáveis pelo coleta de lixo no interior. Denúncias de irregularidades marcam os contratos com empresas responsáveis pela coleta que lucram com o serviço.

Sede do Tribunal de Contas do Estado (Foto: Divulgação)

A informação é do Tribunal de Contas do Estado (TCE) que irá apurar as denúncias e verificar os contratos firmados no interior com suspeitas de inconsistências e irregularidades.

O TCE informou que o presidente do tribunal, conselheiro-presidente Mário de Mello, recebeu um dossiê com detalhes e informações sobre as prefeituras e o material foi encaminhado para Secretaria Geral de Controle.

Externo para análise
Em 2020, chamou atenção, fato ocorrido no município de Presidente Figueiredo, onde o ex-prefeito Romeiro Mendonça (Progressistas) fez gestões públicas para trocar o fornecedor e acabou deixando a cidade sem coleta por semanas.

Na maioria dos municípios o serviço é terceirizado e as licitações acabam sendo objeto de muita disputa.

Anúncio