Unidade Básica de Saúde usa técnicas diferenciadas de terapia em Manaus

A auriculoterapia já beneficiou 48 pacientes na UBSF-O 20, na Compensa, que foram encaminhados, após atendimento médico, com dores crônicas, depressão, insônia e refluxo

Manaus – Utilizando de práticas integrativas para aproximar os serviços oferecidos da comunidade, a Unidade Básica de Saúde da Família – Oeste 20 (UBSF-O 20), da Prefeitura de Manaus, localizada no bairro Compensa, zona oeste, tem trabalhado com a auriculoterapia. E, para divulgar os benefícios da técnica, a última ação da Tenda Itinerante deste ano foi realizada na comunidade e também contou com demonstração das técnicas reiki e aromaterapia, além de orientações sobre o uso de plantas medicinais e distribuição de mudas.

A auriculoterapia é uma técnica terapêutica que promove a regulação psíquico-orgânica do indivíduo, por meio de estímulos nos pontos energéticos localizados na orelha (Foto: Divulgação/Semsa)

Segundo a enfermeira Eloisa Moraes, que há 19 anos atua na UBSF-O 20, a ação foi organizada para divulgar as práticas integrativas. “A unidade de saúde atende aproximadamente 5,2 mil pessoas com uma equipe formada por médico, enfermeira, técnico de enfermagem e agentes comunitários de saúde. Há dois meses, depois de concluir um curso do Ministério da Saúde, comecei a oferecer o serviço de auriculoterapia aos pacientes e agora estamos divulgando mais os benefícios das Práticas Integrativas e Complementares, que chamamos de PICS, para a saúde”, informou.

Com a oferta de auriculoterapia, técnica terapêutica que promove a regulação psíquico-orgânica do indivíduo, por meio de estímulos nos pontos energéticos localizados na orelha, o serviço na UBSF-O 20 já beneficiou 48 pacientes, encaminhados após atendimento médico, com indicação de dores crônicas, depressão, insônia e refluxo.

Durante a programação da Tenda Itinerante, a técnica responsável pelas PICSs na Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), fisioterapeuta Gabriela Santos, esclareceu que as Práticas Integrativas e Complementares são formas mais naturais de tratamento para prevenção, recuperação e promoção da saúde, auxiliando no tratamento médico convencional dos pacientes.

“São práticas que visam não só a relação saúde-doença, mas o bem-estar geral, e utilizam técnicas alternativas e inovadoras, mas que também são tradicionais, como a auriculoterapia, que é uma prática milenar da cultura chinesa. Um dos benefícios para o paciente é a redução na necessidade do uso de remédios para tratar as doenças, minimizando possíveis efeitos colaterais de medicamentos para o organismo”, destacou Gabriela Santos.

Resultados

Uma das pacientes atendidas na UBSF-O 20, a dona de casa Maria de Brito Rabelo, 68, foi encaminhada para atendimento em auriculoterapia apresentando dor de cabeça e problemas estomacais. “A auriculoterapia está fazendo muito bem para minha saúde e não estou mais precisando tomar remédio para dor de cabeça. É uma coisa que recomendo porque se o medicamento não está fazendo efeito, a gente deve procurar alternativas para melhorar a saúde”, afirmou Maria de Brito.

Tenda Holística

O projeto da Tenda Holística Itinerante é executado pela gerência de Promoção da Saúde da Semsa, que tem o objetivo de ampliar a oferta das PICS para a população. Segundo a fisioterapeuta Gabriela Santos, a ação faz parte do processo de implantação da Política Municipal de Práticas Integrativas.

“Uma das etapas foi a qualificação dos servidores e agora a intenção é ampliar para a comunidade. A Tenda Holística Itinerante é uma das estratégias que a Semsa encontrou para levar os serviços às Unidades de Saúde utilizando os recursos disponíveis na rede municipal”, afirmou Gabriela.

Além da UBSF-O 20, a Tenta Holística foi levada este ano para a Policlínica Dr. José Antônio da Silva (zona norte), UBS Ada Viana (zona rural), UBS José Rayol (zona sul) e UBS Silas Santos (zona leste).

“No próximo ano, a intenção é promover uma Tenda Itinerante a cada mês, fortalecendo cada vez mais as Práticas Integrativas e Complementares no Sistema Único de Saúde”, informou Gabriela Santos.

Anúncio