Varas do Tribunal do Júri pautam 237 sessões de julgamento para este semestre

A pauta da 1ª Vara para os seis primeiros meses do ano se encerra com o julgamento de Raimundo Roberto de Souza Guimarães, acusado de matar Robson Rodrigues Massulo, em 2006

Manaus – O Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), por meio das três Varas do Tribunal do Júri da Comarca de Manaus, pautou 237 sessões de julgamento de crimes contra a vida (tentados e consumados) para este primeiro semestre de 2019. Os julgamentos ocorrerão no Fórum Ministro Henoch Reis, no bairro de São Francisco, zona sul da capital.

A 1ª Vara do Júri pautou 47 sessões de julgamento para o primeiro semestre, com início no dia 14 de fevereiro, quando Denes do Nascimento Araújo, Weverton Fernandes Marques, José Altair da Silva Cunha e Cleuson de Araújo Viana vão ser julgados acusados do assassinato do médico oftalmologista Egídio Corrêa Lira Júnior. O crime aconteceu no dia 1º de novembro de 2015.

A pauta da 1ª Vara para os seis primeiros meses do ano se encerra com o julgamento de Raimundo Roberto de Souza Guimarães, acusado de matar Robson Rodrigues Massulo, em 2006. Os júris da unidade judiciária serão realizados sob a presidência do juiz Celso Souza de Paula.

Os julgamentos ocorrerão no Fórum Ministro Henoch Reis, no bairro de São Francisco, zona sul da capital (Foto: Raphael Alves/TJAM)

A 2ª Vara do Tribunal do Júri, por sua vez, pautou 105 sessões de julgamento, com início no dia 4 de fevereiro, quando serão julgados Luís Fernando Silva de Castro e Marcos Antônio do Nascimento Pereira. Ambos são acusados da morte de Francisco da Silva Barbosa.

No dia 10 de junho, a 2ª Vara vai julgar um processo com seis réus, sendo quatro mulheres: Maria de Fátima de Brito Costa, Walda de Socorro Freitas Marques, Vanusa de Fátima Freitas Marques, Vanderleia Fraitas de Marques, além de Valdecy dos Santos Freitas Marques e Wanderley Ferreira Marques Filho. No processo, figura como vítima Leandro Melo da Silva, que segundo a denúncia foi morto a pedradas, no dia 25 de janeiro de 2004. As sessões de júri da 2ª Vara serão presididas pela juíza Ana Paula de Medeiros Braga.

Na 3ª Vara do Tribunal do Júri, as sessões de julgamento começaram na segunda-feira (7) e vão até o dia 27 de junho. Na primeira sessão do ano, Sérgio Arruda dos Santos teve a acusação de tentativa de homicídio desclassificada para lesão corporal e passou a responder ao processo em uma das Varas Criminais comuns do Tribunal. A 3ª Vara do Tribunal do Júri tem pautadas 85 sessões de júri para este semestre, as quais serão presididas pelo juiz Adonaid Abrantes de Souza Tavares.