Velório de empresário assassinado é marcado por comoção: ‘O Marcos era um jovem visionário’

De família evangélica, o empresário era conhecido por ser amigável e hospitaleiro

Manaus – O velório de Marcos Rolim de Menezes, 28, aconteceu nesta quinta-feira (19) em uma igreja evangélica no bairro Coroado. O empresário foi morto após um assalto que ocorreu na noite desta quarta-feira (18) na Rua Itacolomi, bairro Armando Mendes, zona leste de Manaus. Natural do município de Itacoatiara, o empresário deixa esposa e filho pequeno.

O velório foi realizado na Igreja Batista Betel, localizada na Rua São Pedro, bairro Coroado. Familiares e amigos compareceram ao velório para prestar as últimas homenagens a Marcos, que era muito querido entre as pessoas que o conheciam. De família evangélica, o empresário era conhecido por ser amigável e hospitaleiro. O tio de Marcos, Major Zelian, falou sobre como era a personalidade do sobrinho.

Foto: Jael Lucena/GDC

“O Marcos era um jovem visionário. Um microempresário que se estabeleceu na cidade de Manaus. Uma pessoa muito amiga, hospitaleira. Era um homem de coração muito bom. Infelizmente aconteceu essa fatalidade que deixa a família em uma situação difícil pois ele tinha esposa e uma criança”, afirmou.Às 19h foi realizado um culto em memória de Marcos. O cortejo vai sair da igreja às 8h da manhã desta sexta-feira (20) e seguirá até o local onde será o enterro, no Cemitério Parque Recanto da Paz.

Relembre o Caso

blank

Foto: Divulgação

O empresário Marcos Rolim de Menezes, 28, foi morto após um assalto na noite de quarta-feira (18) na Rua Itacolomi, bairro Armando Mendes, zona Leste de Manaus. Câmeras de segurança cedidas pela família da vítima registraram a ação criminosa.

As imagens mostram o momento em que o empresário vai fechar seu estabelecimento quando é surpreendido por um suspeito armado. Ele reage e trava luta corporal com o suspeito que atira contra o empresário. O criminoso consegue fugir entrando em um veículo com outros suspeitos.

O empresário chegou a ser socorrido por um funcionário e um amigo. Ele foi levado até o Hospital e Pronto-Socorro João Lúcio, mas não resistiu e morreu na unidade hospitalar. O corpo foi removido pelo Instituto Médico Legal (IML). O crime é investigado pela Polícia Civil.

Veja vídeos:

Anúncio