Venezuelanos terão mutirão de saúde promovido por universidade, em Manaus

Serão atendidos migrantes abrigados na Casa de Acolhida Santa Catarina de Sena, no Petrópolis. A programação, que ocorrerá uma vez por mês, iniciará neste sábado (15), das 8h às 12h

Manaus – A UniNorte vai disponibilizar uma série de serviços de saúde aos venezuelanos abrigados na Casa de Acolhida Santa Catarina de Sena. A programação, que ocorrerá uma vez por mês, iniciará neste sábado (15), das 8h às 12h, com atendimentos na sede do abrigo, na Rua Álvaro Bandeira de Melo, nº 155, bairro Petrópolis, zona sul da capital. Atualmente, residem no local 64 venezuelanos, sendo 24 crianças.

O projeto tem o nome de ‘Motirõ da Saúde’ e será realizado pela Escola de Saúde da UniNorte. (Foto: Divulgação)

O projeto tem o nome de ‘Motirõ da Saúde’ – uma referência à palavra que significa reunião de pessoas, na língua tupi-guarani – e será realizado pela Escola de Saúde da UniNorte, em comunidades carentes. Esta será a primeira edição no Casa de Acolhida Santa Catarina de Sena. Estarão envolvidos nesta ação estudantes dos cursos de Odontologia, Enfermagem, Biomedicina, Farmácia, Fisioterapia, Nutrição, Estética, Fonoaudiologia, Psicologia e Educação Física.

Entre os serviços que serão oferecidos, estão: aplicação de flúor, procedimento restaurador atraumático (restauração dentária – se houver indicação), aferição de pressão arterial e glicemia, orientações sobre escovação, prevenção de câncer de boca e de outras doenças, cuidados com a higiene bucal e pessoal, e técnicas de alongamento. Os alunos também irão promover uma série de brincadeiras com as crianças e será oferecido lanche para as famílias.

Anúncio