Vídeo: família de criança morta na Compensa pede justiça

A criança brincava na calçada quando foi baleada na última sexta-feira (23)

Manaus – Milena Laís da Silva, 2, foi enterrada na manhã deste domingo (25), no cemitério do Tarumã. A criança foi vítima de uma bala perdida durante uma execução na última sexta-feira (23) no bairro compensa, zona oeste de Manaus.

(Foto: Reprodução)

A criança de apenas 2 anos, foi velada em uma igreja na Rua Campos Sales, na Compensa, bem ao lado de onde a família mora e que houve o tiroteio. “Uma criança inocente, estava brincando, não tinha nada haver com o fato”, diz o pai, Michelângelo Silva, as lágrimas.

De acordo com a família e os moradores da área, a criança estava brincando na calçada na frente da sua casa na presença da mãe. Dois homens em uma motocicleta pararam em uma casa do outro lado da rua e executaram Beatriz da Silva Franco, 22, que estava sentada na calçada.

Um dos tiros atingiu a pescoço da criança que foi encaminhada para o Serviço de Pronto-Atendimento (SPA) Joventina Dias, mas não resistiu e morreu na unidade hospitalar. O pai da pequena Milena pede justiça “era uma criança alegre, vai ser muito difícil agora. Só queremos que o culpado seja encontrado”.

Sobre o caso

De acordo com a polícia, Beatriz da Silva Franco, 22, teria sido morta pelo seu ex-companheiro que teria envolvimento com o tráfico de drogas.

Além da Milena, outras duas pessoas acabaram sendo atingidas durante a execução, entre elas, Eurinha Neves da Silva, 52, que foi atingida com um tiro na região do abdômen e está internada no Hospital e Pronto Socorro 28 de Agosto. A mãe da criança, Euquinha De Souza Almeida, 44, foi atingida com um tiro na perna, mas já foi liberada do hospital.

A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) investiga o caso e deve confirmar se realmente o ex-companheiro da jovem foi o responsável pela execução.

Veja vídeo:

Anúncio