Vídeos: forte chuva causa alagamentos em várias zonas de Manaus

Um pessoa foi soterrada após o desabamento de um muro na zona centro-sul da cidade

Manaus – A forte chuva que caiu nesta sexta-feira (15), em Manaus, causou alagamentos em várias zonas da cidade. Uma pessoa foi soterrada após o desabamento de um muro na Avenida Júlio Verne, bairro Aleixo, zona centro-sul da capital.

Na avenida Mário Ypiranga, a chuva causou o deslizamento de um barranco que fica na lateral da via. Além do barranco, árvores também foram levadas e ficaram em meio a via, exigindo uma atenção maior dos condutores que passavam pelo local.

Um casa que fica na Rua Presidente Kennedy, no bairro Santo Antônio, zona oeste da capital, teve o portão arrancado pela força da chuva que inundou a via.

Na Avenida Maceió, no bairro Adrianópolis, zona centro-sul de Manaus, o trânsito foi interditado pela inundação. Vários carros que estavam estacionado na via foram alagados.

No Beco São Sebastião, bairro Petrópolis, na zona sul da cidade, um casa foi invadida pela água após a rua ficar completamente inundada. A Família perdeu parte dos móveis. Não há informações sobre vítimas.

No bairro Lírio do Vale, na zona oeste, alguns moradores tiveram o telhado arrancado com a força dos ventos causados pela forte chuva. Os moradores correram para tentar salvar seus móveis e eletrodomésticos.

No bairro da União, na zona centro sul  da capital, as ruas viraram rios e as pessoas ficaram isoladas dentro das suas casas. As que foram alagadas, precisam ser evacuadas. No local, veículos chegaram a ser arrastados por conta da força das águas.

O Centro de Manaus foi mais um afetado pelas chuvas. Na região portuária, a via ficou tomada pelas águas, em cenário visto somente durante a época da cheia na região.

No trânsito, a maioria das ruas de Manaus  foi inundada, exigindo maior atenção dos condutores. No momento de publicação desta matéria, ainda não haviam sido registrados acidentes na cidade em decorrência da chuva.

Muitos bairros ficaram sem energia elétrica. Segundo a Defesa Civil, os bairros com maior volume de chuva são: Bairro da União, Tarumã e Santa Etelvina. As áreas possuem o maior acumulado de precipitação em uma hora de chuva.

Os locais que estão próximo a igarapés, e transbordaram com o volume de água que caiu da chuva, podem ter sido os mais afetados.

A Defesa Civil registrou, além dos alagamentos, vários desabamentos, entre eles de um muro na Avenida Júlio Verne, bairro Aleixo, zona centro-sul da capital, onde uma pessoa foi soterrada.

Anúncio