Vídeos: últimos suspeitos da morte de Dom e Bruno são transferidos para Manaus

A transferência aconteceu neste final de semana

Manaus – Jeferson da Silva Lima, o “Pelado da Dinha”, e Oseney da Costa de Oliveira, o “Dos Santos”, envolvidos nas mortes do indigenista Bruno Pereira e do jornalista inglês Dom Phillips, foram transferidos neste final de semana para Manaus.

Segundo informações, Oseney da Costa foi encaminhado para a superintendência da Polícia Federal onde vai ficar sob custódia, já Jeferson da Silva Lima vai ficar na central de recebimento e triagem onde vai aguardar uma decisão da justiça para saber para qual presídio será encaminhado. Eles deixaram a carceragem da delegacia de Atalaia do Norte na última quinta-feira (21).

Jeferson e Oseney eram os dois últimos suspeitos presos que estavam no município onde ocorreu o crime. Jeferson é um dos suspeitos que confessou participação no duplo homicídio. Já Oseney, que é irmão de “Pelado”, tem negado a participação nos assassinatos de Bruno e Dom.

Um dos assassinos confesso guiou os peritos e contou como foram os últimos momentos de Dom e Bruno. Na última sexta-feira (22) a Polícia Federal cumpriu um mandado de busca e apreensão na residência de Ruben Dario da Silva Villar conhecido por “Colômbia”, também envolvido na morte de Dom e Bruno, e encontrou inúmeras identidades falsas e um Registro Administrativo de Nascimento de Índio (Rani) onde ele afirma ter nascido na Comunidade Indígena Boa Vista.

Veja vídeo:

Anúncio