Morcegos praticam distanciamento quando estão doentes, diz estudo

Cientistas afirmam que os animais tendem a passar 25 minutos a menos com os grupos a que pertencem quando sentem sintomas

EUA – Um grupo de cientistas realizou um estudo que revelou a tendência dos morcegos de se isolarem quando sentem sintomas similares aos da gripe. De acordo com a pesquisa, o animal tende a passar menos tempo interagindo com outros seres da mesma espécie, além de voar em agrupamentos menores.

Morcegos praticam distanciamento quando estão doentes (Foto: Reprodução /Simon Ripperger)

As equipes do principal autor do estudo, Simon Ripperger, monitoraram 31 morcegos selvagens e injetaram em parte deles uma molécula que simula os sintomas de uma gripe sem transmitir nenhum tipo de doença.

Equipados com um aparelho de GPS, os morcegos que se sentiram doentes passaram a interagir menos com outros animais e voaram em grupos menores, o que mostra que a espécie tende a se isolar para evitar a possível transmissão de um vírus.

O estudo, publicado no site Behavioral Ecology, sugere que a indisposição do ser humano quando está gripado também é sentida pelos morcegos, que evitam se socializar enquanto estão doentes.

“É basicamente a mesma coisa quando estamos gripados e nos sentimos miseráveis, sem querer sair da cama. (Nesse tipo de situação) você não vai sair de casa para tomar uma cerveja com seu amigo porque você não se sente bem para isso”, explica Ripperger, de acordo com o site Popular Science.

Os 31 morcegos foram monitorados por três dias e passaram a se reaproximar dos outros animais do grupo com o decorrer da recuperação dos sintomas.

Nas primeiras seis horas, os morcegos que se sentiam doentes passaram 25 minutos a menos perto de outros integrantes do grupo. Os animais saudáveis também interagiam, em média, com quatro indivíduos a mais que os animais com sintomas de gripe.

Dois dias após a aplicação das moléculas, quando os sintomas não estavam mais aparentes, os morcegos voltaram a interagir com os outros animais do grupo da mesma forma que os outros indivíduos monitorados no estudo.

Para especialistas, pesquisas como essa mostram que o distanciamento é uma estratégia adotada na evolução dos animais sociais, como os morcegos

Anúncio