Cerca de duas mil pessoas participam da abertura da Semana do Meio Ambiente

As atividades da programação vão se estender até o dia 10. Esse ano a Semana traz o tema ‘Nossa Casa, Nossa Responsabilidade’

Com informações da assessoria / [email protected]

Abertura foi realizada na manhã de hoje, no Parque Municipal do Mindu, no Parque Dez (Foto: Mário Oliveira/Semcom)

Manaus – Aproximadamente duas mil pessoas participaram, na manhã deste sábado (3), no Parque Municipal do Mindu, no Parque Dez, zona centro-sul, das atividades que marcaram a abertura da Semana do Meio Ambiente 2017, da Prefeitura de Manaus. As atividades da programação vão se estender até o dia 10, com uma ação de plantio que marcará no Dia Mundial do Meio Ambiente, na segunda-feira (5), nas margens de um trecho do Corredor Ecológico do Igarapé do Mindu.

A programação foi aberta pela primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Elisabeth Valeiko, que destacou a importância do Parque do Mindu, criado há 25 anos pelo prefeito Arthur Virgílio Neto, para a cidade de Manaus.

“Gestos como esse de estar aqui no parque hoje para celebrar o meio ambiente é que fazem a diferença e demonstram o quanto foi importante para a cidade a criação desta área protegida pelo prefeito Arthur Neto”, ressaltou. A solenidade contou com a participação de representantes de diversas instituições parceiras da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas).

Com o tema ‘Nossa Casa, Nossa Responsabilidade’, a Semana abriu espaço este ano para a dança e a realização da 22ª Mostra de Dança de Manaus (Modama), reunindo integrantes de mais de 100 grupos que pela primeira vez se apresentaram no palco do anfiteatro do Parque do Mindu. O evento terá dois dias de duração, encerrando neste domingo (4).

Em conjunto com a Defensoria Pública do Estado, a Prefeitura de Manaus fez o lançamento da cartilha de educação ambiental “Vamos Jogar Limpo”. A publicação será uma ferramenta a mais para o trabalho de sensibilização ambiental e fiscalização dos dois órgãos e estará disponível nos sites semmas.manaus.am.gov.br e www.defensoria.am.def.br.

Outro ponto da solenidade foi o lançamento do Programa Agente Ambiental Voluntário, que formará turmas de prestadores de serviços voluntários para atuarem nas unidades de conservação municipais e em campanhas educativas. Uma das campanhas que contará com o reforço dos agentes será a de Combate às Queimadas, lançada oficialmente neste sábado.

Participaram da solenidade representantes da Câmara Municipal, Vara Especializada em Meio Ambiente e Questões Agrárias, Corregedoria Geral do Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas, Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), Secretaria Municipal de Educação (Semed), Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans), Defesa Civil do Município, Secretaria Municipal de Juventude, Esporte e Lazer (Semjel), Ouvidoria Municipal e Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Direitos Humanos (Semmasdh).

Entre as instituições de ensino, estavam as faculdades Fametro, Estácio do Amazonas, Uninorte, Nilton Lins, Esbam, UEA, Centro de Ensino Técnico e Instituto Federal de Educação do Amazonas (Ifam).

O defensor público geral em exercício Antonio Cavalcanti Albuquerque Júnior fez a entrega simbólica da cartilha à presidente do Fundo Social de Solidariedade, Elisabeth Valeiko, e destacou o papel fundamental da publicação.

“A cartilha é uma ferramenta de educação ambiental ao possibilitar o acesso às informações muitas vezes desconhecidas da população e faz parte desse grande movimento em defesa do meio ambiente”, afirmou ele. Representando o arcebispo de Manaus, dom Sérgio Castriani, o bispo auxiliar dom Tadeu Canavarros participou do evento e lembrou que o tema da Campanha da Fraternidade 2017 está presente na preocupação da gestão municipal para com suas áreas protegidas.

Anúncio