Incêndios atingem mais de 6 mil hectares na Chapada dos Guimarães

Os incêndios, que começaram a ser registrados a partir do dia 15 de julho, atingem, também, nas imediações do parque nacional, 45 mil hectares

Brasília – Incêndios atingem 6.180 hectares do Parque Nacional da Chapada dos Guimarães (MT), de acordo com estimativa divulgada, neste sábado (14), pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio). A estimativa foi feita com base nos focos de calor. O parque segue fechado para visitação por período indeterminado.

Os incêndios, que começaram a ser registrados a partir do dia 15 de julho, atingem, também, nas imediações do parque nacional, 45 mil hectares. Segundo o ICMBio, as ocorrências atendidas somam 22.

No parque, conforme o instituto, o fogo está controlado. O local deverá permanecer fechado até o início do período de chuva por questões de segurança e para a recuperação do meio ambiente.

O Parque Nacional da Chapada dos Guimarães, localizado próximo a Cuiabá, em Mato Grosso, tem uma área de 32.769,55 hectares, tendo o cerrado como vegetação predominante.

No parque, segundo o instituto, o fogo está controlado (Foto: Reuters/Direitos Reservados)

Peritos norte-americanos

Ainda neste sábado, peritos da Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (Usaid) chegam na Chapada dos Guimarães. Eles também vão ao Parque Indígena do Xingu, em Mato Grosso, também atingido pelo fogo.

De acordo com o Ministério da Defesa, eles trabalharão em parceria com os funcionários do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e do ICMBio, a fim de investigar as causas e origens dos incêndios florestais. Os peritos deverão começar a atuar em campo a partir de domingo (15), de acordo com o ICMBio.

 

Anúncio