Com eventos suspensos por causa da pandemia, Wilson Lima já gastou R$ 25,5 milhões com cultura

Enquanto essa quantia exorbitante é gasta dos cofres públicos, o governador Wilson Lima segue sem comprar vacinas contra Covid-19

Manaus – Em um ano, onde o Amazonas segue com restrições ao combate da pandemia de Covid-19, e os eventos e espaços públicos culturais seguem fechados, o Governo do Estado já empenhou em contratos mais de R$ 25,5 milhões com a Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa (Sec). Enquanto essa quantia exorbitante é gasta dos cofres públicos, o governador Wilson Lima segue sem comprar vacinas contra Covid-19 para imunizar grande parte da população amazonense.

Portas fechadas

No site oficial da Secretaria de Cultura do Amazonas, possui o comunicado “Informamos que a programação e a visitação turística de todos os espaços culturais administrados pela Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa estão suspensas a partir do dia 26/12. A medida atende o decreto nº 43.234 de 23 de dezembro de 2020, do Governo do Amazonas para impedir a propagação do novo coronavírus no Estado”, diz. Ou seja, desde o ano passado, as atividades abertas ao público estão fechadas, mesmo assim, o governador Wilson Lima continua gastando milhões de reais em contratos.

Contratos

De acordo com documentos obtidos no Portal da Transparência do Amazonas, no última dia 29 de abril de 2021, o Governo do Amazonas por meio da Secretaria de Cultura, empenhou mais de R$ 5,6 milhões para a Agência Amazonense de Desenvolvimento Cultural (AADC), segundo a Nota de Execução de Despesa, o valor é relativo ao mês de abril para serviços de gestão de recursos humanos, administrativos, financeiros, logístico e de infraestrutura como despesas fixas, contínuas e sob demanda, e ainda gestão dos Espaços Culturais, administração dos recursos oriundos da exploração comercial e bilheteria, apoio na execução de políticas culturais e artísticas mediante diretrizes estratégicas e repasse de recursos financeiros e operacionais, bem como dos projetos e programas artísticos e culturais desenvolvidos pelo Governo do Estado por intermédio da Secretaria de Cultura.

Cultura

Mesmo com as atividades em suspensão, por conta das medidas de prevenção contra a pandemia de Covid-19, apenas nesses poucos meses de 2021, o Governo do Amazonas empenhou junto à Secretaria de Cultura, mais de R$ 25,5 milhões em contratos, apenas com a Agência Amazonense de Desenvolvimento Cultural (AADC). Deste montante, o governo já repassou mais de R$ 24,3 milhões, faltando pagar apenas cerca de R$ 1,2 milhão. Porque todo esse gasto milionário com uma secretaria que não está realizando atividades culturais na cidade?

Prioridades

Enquanto milhões são gastos com cultura, a classe dos profissionais da saúde apontam o abandono sofrido pelo Governo do Amazonas. A grande maioria das empresas terceirizadas de serviços de saúde estão com 3 a 5 meses de pagamentos atrasados, além disso, os profissionais reivindicam melhorias já que muitos não recebem vale-alimentação e a base salarial é de R$ 700.

Anúncio