Deputados devem aceitar pedido de impeachment contra Wilson Lima nos próximos dias

As principais acusações são a respeito da compra de respiradores em loja de vinhos, falta de oxigênio em hospitais, superlotação nas unidades de saúde

Manaus – O impeachment do governador Wilson Lima está cada vez mais próximo com o fim do recesso parlamentar dos deputados da Assembleia Legislativa do Estado (ALE) e os cinco pedidos de impeachment acolhido pela Mesa Diretora durante a Sessão Extraordinária desta terça-feira (26). As principais acusações contra o governador são a respeito dos atos do Governo, como a compra de respiradores em loja de vinhos, falta de oxigênio em hospitais, superlotação nas unidades de saúde, entre outros.

Casa do povo

De volta aos trabalhos, os deputados estaduais votaram e aprovaram na Sessão Extraordinária da ALE, ontem, o fim do recesso parlamentar. Os principais assuntos debatidos entre os 16 deputados presente durante a sessão, foram a grave crise na saúde e medidas de combate, além da apreciação dos pedidos de impeachment contra o governador do Amazonas, Wilson Lima. A partir desta quarta-feira (27), os deputados voltam às atividades normais na ALE.

Recorde de Wilson

Em um novo recorde, a Mesa Diretora da ALE acolheu cinco pedidos de impeachment contra o governador Wilson Lima, durante a Sessão Extraordinária. Os pedidos apontam possíveis crimes de responsabilidade por parte do chefe do Executivo, no período que compreende o início e o atual momento da pandemia, e citam alguns casos, como à legalidade em atos do Governo quanto a compra superfaturada de respiradores em uma loja de vinhos, falta de cilindros de oxigênio em hospitais, superlotação nos leitos de UTIs e a não destinação de recursos enviados pelo Governo Federal para uso na área da saúde. Os cinco pediram foram encaminhados para análise jurídica da Procuradoria da Casa.

Jatinho de R$ 9 milhões

Ainda durante a sessão extraordinária, os deputados comentaram sobre o valor pago no aluguel de jatinho pelo governo do Amazonas. O programa AMAZONAS DIÁRIO, denunciou diversas vezes que as viagens do governador Wilson Lima são bem caras, na verdade, absurdamente cara! O aluguel do jatinho por mais de R$ 9 milhões foi publicada na última sexta-feira (22), no Diário Oficial do Estado. “Destinar dinheiro que devia ser investido na saúde pública para alugar um jatinho particular de R$ 9 milhões é a inversão total e absurda de prioridades num Estado que vivencia o caos”, disse Delegado Péricles (PSL).

Prioridades do governo

Enquanto o Amazonas enfrenta um terrível momento com a pandemia do novo coronavírus, onde falta oxigênio, insumos hospitalares, medicamentos, leitos de UTI, entre outros. A prioridade do governo é contratar o aluguel de um jatinho por meio do Pregão Eletrônico nº 1032/2020. “Eu e o deputado Dermilson ingressamos com uma medida cautelar pedindo a suspensão do pregão do jatinho. Estamos falando de R$ 9,3 milhões que são 13 usinas de oxigênio de R$ 700 mil. Nós somos fiscais do povo e vamos pedir suporte do TCE para socorrer o dinheiro do povo”, afirmou o deputado Wilker Barreto (Podemos).

Anúncio