Em nove dias, CEMA compra R$ 6 milhões em EPIs

Profissionais sofrem com racionamento de material

Manaus – Após oito meses da chegada do novo coronavírus no Amazonas, os profissionais da saúde ainda sofrem com o descaso no sistema público que é afetado com a falta de materiais essenciais e a precariedade da infraestrutura. Em apenas nove dias, o Governo do Amazonas empenhou mais de R$ 6 milhões em contratos para aquisição de avental descartável. Será que esses aventais vão chegar finalmente até os profissionais da saúde?

Aventais

Segundo informações conferidas no Portal da Transparência, o Governo do Amazonas por meio da Central de Medicamentos do Amazonas (Cema) adquiriu quase 1,5 milhão de aventais descartáveis em apenas nove dias, o custo total para os cofres públicos com essa aquisição, será de R$ 6.136.800,00 milhões.

Recurso

Os dois contratos foram realizados no final do mês de outubro por meio de Pregão Eletrônico para aquisição de avental descartável. O recurso utilizado pela CEMA foi do Programa Federativo de Enfrentamento ao Coronavírus, do Fundo Estadual de Saúde.

Contratos

Com a empresa S Pereira da Silva, localizada no bairro Mauazinho, a CEMA adquiriu 298 mil unidades de aventais descartáveis, modelo cirúrgico com valor unitário de R$ 3,60. No total, a compra somou mais de R$ 1 milhão. Com a mesma referência de produto, a CEMA comprou mais aventais da empresa Latino Industria Ltda, foram 1,2 milhões de unidades, cada uma custou R$ 4,22, no total o contrato orçou mais de R$ 5 milhões.

Pandemia

Durante os primeiros meses de pandemia do novo coronavírus no estado, acompanhamos várias manifestações de profissionais da saúde que estavam cansados de sofrer com o descaso da saúde pública. A principal reivindicação era de equipamentos de proteção individual (EPIs), como luva, máscara, visor de proteção, álcool em gel, dentre outros. Na época, profissionais denunciaram que apesar no número expressivo de doações de empresas e do Governo Federal, os materiais não chegavam até as unidades e que a CEMA estava lotada de equipamentos que não eram distribuídos corretamente, questão que foi até fiscalizada por deputado estadual que divulgou a quantidade armazenada na central.

Doação

No início de maio, o Governo do Amazonas recebeu doação de 3,4 toneladas de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e álcool em gel. Os materiais foram doados pela iniciativa “Todos Pela Saúde”, que conta com a participação do Hospital Sírio Libanês, Sociedade Israelita Albert Einstein e Fundação Itaú-Unibanco. No mesmo mesmo mês, o governo também recebeu doação de 33 mil itens, entre EPI’s e copos de água pela concessionária de distribuição de água em Manaus, além de centenas de doações realizadas pelo setor privado. Os materiais doados foram enviados para a CEMA, responsável por catalogar, armazenar e distribuir medicamentos e EPIs para as unidades de saúde da capital e interior no Amazonas que estão atuando no combate ao novo coronavírus.

Anúncio
Anúncio