Governo do Amazonas pode gastar R$ 30 milhões com aluguel de tendas

De acordo com o edital, entre os variados eventos, são oito mil diárias de tendas tipo pirâmides para atender a demanda da Agência de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas (ADS)

Manaus – Mesmo com cenário pandêmico instalado no Amazonas, onde diversos evento são cancelados, o Governo do Amazonas por meio da Agência de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas (ADS) realiza Pregão Presencial para contratação de tendas, banheiros químicos e climatizadores. Há poucos dias, o governador Wilson Lima prorrogou por mais 30 dias o fechamento de áreas de recreação. Segundo levantamento, apenas o aluguel de tendas pode custar mais de R$ 30 milhões aos cofres públicos.

Fechamento

No final do mês de outubro, o governador do Amazonas Wilson Lima realizou uma coletiva de imprensa com a presença de secretários da saúde e anunciou a prorrogação do Decreto nº 42.794/2020 que suspendeu por mais 30 dias, o acesso às áreas de praias para recreação e o funcionamento de balneários, flutuantes e bares. Mas, em contrapartida, realizou pregão presencial para aluguel de tenda de eventos.

Pregão Presencial

O governo do Amazonas publicou no dia 2 de outubro no Diário Oficial do Estado (DOE), a realização de Pregão Presencial para formação de ata de registro de preço para futura contratação de empresas especializadas em locação de tendas para atender necessidades das feiras de produtos regionais e demais eventos apoiados. Para participar do edital, a empresa precisou pagar R$ 30.

Tendas

Segundo o Pregão Presencial nº 006/2020, serão registrados preços para futura contratação de empresas que possam atender o quantitativo de aluguel de itens para eventos. De acordo com o edital, entre os variados eventos, são oito mil diárias de tendas tipo pirâmides para atender a demanda da Agência de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas (ADS).

Mais eventos

O governo do Amazonas lançou outra licitação para contratação de aluguel, o Pregão Presencial nº 007/2020 que foi agendado para o dia 25 deste mês às 9h, para formação de ata de registro de preço para futura contratação de empresas especializadas em locação de climatizadores e banheiros químicos. Segundo documento, a ADS pretende orçar o aluguel de duas mil diárias de banheiros químicos (feminino e masculino), e também, 10 mil diárias para aluguel de climatizadores que são aqueles ventiladores grandes.

Gasto milionário

De acordo com levantamento realizado para verificar o custo do contrato para o aluguel das estruturas mencionadas no edital da Agência de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas (ADS), o valor ultrapassa R$ 30 milhões para locação da estrutura de pavilhões e tenda tipo pirâmide. Já referente a locação dos climatizadores, o valor gasto pode chegar a R$ 3 milhões e para aluguel dos banheiros químicos será em torno de R$ 1 milhão.

Pandemia

Com o cenário pandêmico, onde diversos eventos foram cancelados por conta da propagação do novo coronavírus, a Agência de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas (ADS) está abrindo edital para possível contratação de empresas para realização de eventos em 2021. Com o sistema de registro de valores, a locação dos itens pretende atender além da capital, diversos municípios. Segundo o edital, outros órgãos do Governo do Amazonas podem realizar adesões, ou seja, a despesa com os contratos pode ser multiplicada.

Anúncio