Governo gasta quase R$ 3 milhões com aluguel de jatinho

Um levantamento realizado, mostra que foram empenhados mais de R$ 46 milhões apenas neste ano com uma única empresa que presta esse tipo de serviço

Todos os dias milhões de reais são gastos em contratos para aluguel de aeronaves no Amazonas. Há mais de um ano, esta coluna denuncia os gastos com v, aviões e até iates de luxo, contratados pelo Governo do Amazonas. Nos últimos dias, com apenas uma empresa, o Estado desembolsou quase R$ 3 milhões com aluguel de aeronave. Um levantamento realizado, mostra que foram empenhados mais de R$ 46 milhões apenas neste ano com uma única empresa que presta esse tipo de serviço. Alguns desses contratos foram expostos por deputados na Assembleia Legislativa do Estado (ALE-AM), que solicitaram investigação dos órgãos de controle.

Aeronaves

No último dia 6 de agosto foi publicado no Portal da Transparência do Governo do Amazonas, uma Nota de Despesa emitida pela Casa Militar em favor da empresa Rico Táxi Aéreo Ltda, no valor de R$ 2,8 milhões. Segundo a nota, o montante é referente a pagamentos dos serviços prestados, no valor mensal de R$ 700,6 mil para os meses de setembro, outubro, novembro e dezembro deste ano.

Fretamento

O contrato nº 005/2020 entre o Governo do Amazonas com a empresa é para “contratação de empresa especializada na prestação de serviço de transporte aéreo de pessoal e/ou carga, em aeronave tipo anfíbio”, consta. A aeronave deve ter capacidade para o mínimo de oito pessoas e dois tripulantes com combustível e piloto para transporte estadual e interestadual.

Renovação

Segundo a nota, a vigência do contrato é de 1º de setembro deste ano até o mesmo mês de 2022, com o valor global de R$ 8,4 milhões para 1.500 horas por 12 meses. O valor mensal estimado para 125 horas de voo é de R$ 700,6 mil. Tendo como custo, R$ 5.605 por hora de voo. A descrição ressalta que o valor do empenho desta nota é referente aos meses de setembro a dezembro de 2021. Ficando a empenhar em 2022, o valor de R$ 5,6 milhões referente aos meses de janeiro e agosto.

Milionário

Um levantamento realizado por esta coluna, analisou todos os empenhos, as liquidações e pagamentos realizados pelo Governo do Amazonas para a empresa de fretamento de aeronaves em 2021. Segundo os dados, foram empenhados mais de R$ 46,2 milhões, liquidado mais de R$ 20,9 milhões e a empresa já recebeu em caixa mais de R$ 20,9 milhões.

Iate luxuoso

No ano passado, denunciamos que o Governo do Amazonas através da Casa Militar firmou contrato no valor de R$ 2,33 milhões para aluguel de iate com capacidade para 34 pessoas com banheiro, chuveiro com opção de água quente e também, ar condicionado. Neste contrato, outros itens estão inclusos, como duas voadeiras, equipamento noturno, comandante e marinheiro.

Anúncio