Preocupado com a reeleição, Governo esquece de combater a criminalidade

Recentemente, o secretário de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) foi demitido, e substituído

Manaus – O Governo do Amazonas perdeu o controle da segurança pública com os inúmeros casos de assassinatos a sangue frio. Diariamente, os jornais são estampados com notícias de tragédias como execução, bala perdida, domínio das facções criminosas. Recentemente, o secretário de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) foi demitido, e substituído. O secretário de Inteligência do Amazonas (Seai), foi preso. O Ministério Público do Amazonas (MPAM) solicitou a transferência do equipamento de escutas telefônicas da sede da SSP para a Polícia Civil. Enquanto o governador Wilson Lima se preocupa com sua reeleição, a segurança do Estado desmorona no colo da população.

Criminalidade

O ano de 2021 está sendo marcado pela insegurança que se instalou na capital e se expande ao interior do Estado. Na última pesquisa sobre o nível de crimes violentos, o Amazonas cresceu mais de 35,6%, sendo que outros Estados diminuíram no índice. Mas esse aumento é percebido diariamente pela população que é diariamente assaltada e teme por suas vidas.

Denúncias de abandono

Há tempos esta coluna denuncia a falta de compromisso do Governo do Amazonas com a segurança pública, foram relatos de operações equivocadas, ausência de armamentos táticos adequados, falta de viaturas e até água nas delegacias. O policial militar e civil deste Estado são verdadeiros heróis que vão às ruas diariamente, mesmo com tantos problemas administrativos, inclusive, identificados recentemente após uma vistoria do Ministério Público do Amazonas (MP-AM).

Mortes violentas

O descontrole é tão grande que nesta semana foi divulgado o vídeo de uma execução no bairro Compensa. Imagens do circuito de segurança mostraram toda a ação violenta, mas o que realmente chamou atenção, foi o próprio criminoso filmar toda a perseguição até o assassinato. O autor do crime? Era jovem, talvez até menor de idade. Ainda neste mês, uma adolescente de 13 anos foi morta a tiros no bairro Novo Aleixo. Uma influencer digital morreu após ser baleada ao entrar em um carro de aplicativo no bairro Nossa Senhora de Fátima. Um funcionário da concessionária de água morreu após reagir a um assalto no bairro São José 3.

Mudança Transformadora

Durante as eleições, o atual governador prometeu a mudança transformadora no Estado do Amazonas. Mas, entre as promessas, duas para a área da segurança pública não foram cumpridas. A segunda foi a implantação do sistema de monitoramento inteligente na capital com o investimento em tecnologia, com a implantação de sistema de monitoramento inteligente na capital, usando a já existente rede de fibra óptica, onde se observará o fluxo veicular em pontos estratégicos da cidade, identificando-se as placas, permitindo a solução de crimes.

Pressão

A segunda promessa era a realização concursos públicos anuais para forças de segurança, aumento do efetivo das forças de segurança por concursos públicos, a se realizarem anualmente, a propiciar segurança na capital e interior. Mas, só após ser pressionado pela vistoria técnica e recomendação do MP-AM, o Governo do Amazonas anunciou que vai promover concurso público para a Polícia Militar e Civil.

Anúncio