Só vão calar minha boca se meterem bala

Durante mais de um mês do ‘AMAZONAS DIÁRIO’, políticos e empresários foram expostos e as retaliações ao GRUPO DIÁRIO DE COMUNICAÇÃO, e a mim, chegaram de fato. Mas, vamos mostrar a verdade, nada ficará embaixo do tapete!

Manaus – Não temos mordaça! O programa do GRUPO DIÁRIO DE COMUNICAÇÃO denuncia, a cada programa, um esquema criminoso ou pelo menos ‘muito suspeito’ no estado do Amazonas, seja na capital ou interior. Durante mais de um mês do ‘AMAZONAS DIÁRIO’, políticos e empresários foram expostos e as retaliações ao veículo de comunicação e, a mim, chegaram de fato. Mas, vamos mostrar a verdade, nada ficará embaixo do tapete!

Presidente do impeachment do governador

Uma das articulações expostas do ‘AMAZONAS DIÁRIO’ foi sobre a decisão de escolha para presidente e relator do impeachment do governador Wilson Lima. A presidente da Comissão de Impeachment, deputada Alessandra Campêlo, indicou seu primo Marcellus Campêlo para assumir a Secretaria Estadual de Saúde (Susam) que tem nome envolvido em inquéritos do Ministério Público do Amazonas (MP-AM) que investiga desvios de recursos públicos no valor de R$ 8,4 milhões em obras de urbanização e saneamento. A deputada quando assumiu a Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel) foi investigada pelo MP-AM sobre indícios de corrupção em três contratos entre a Sejel e o Programa Sociais do Amazonas (Prosam) no valor de R$ 6,3 milhões.

Relator do impeachment é o Dr. Gomes

Como todos suspeitavam, as maiorias dos membros do impeachment são da base governista. Dr. Gomes é o relator do impeachment e também membro da CPI da Saúde e seu papel principal é minimizar a corrupção do governo expostas durante as investigações. O deputado, inclusive, auxilia o governador Wilson Lima com indicações a cargos nas unidades de saúde. O deputado escolheu sua prima, Rafaela Gomes para indicar ao cargo de diretora da Maternidade Estadual Balbina Mestrinho.

R$ 100 milhões para família do Belão

A irmã do deputado Belarmino Lins, também ganhou cargo de confiança. Maria de Jesus Lins Guimarães foi nomeada como presidente da Junta Comercial do Estado (Jucea-AM). A família do deputado possuí contratos que ultrapassam os R$ 100 milhões. A Construtora Império, que teve o nome trocado para Concreterra, tinha contrato para a recuperação de ramais no interior do Amazonas no valor de R$ 60 milhões, mas obra é considerada por especialistas como inacabada ou abandonada.

Amigos de amigos são meus também

Ex-patrão do governador possui possíveis empresas com contratos milionários em diversas secretarias do governo. Dissica Calderaro e sócios recebem cerca de R$ 14,3 milhões. O sócio proprietário da Semper Vincit também é gerente financeiro de A Crítica, Daniel Maia Damasceno que é sócio em outra empresa com o empresário Dissica. A Semper Vincit possui contratos com o Detran-AM em 2019 venceu pregão eletrônico no valor de R$ 2,3 milhões e nesse ano venceu pregão eletrônico superior a R$ 2 milhões para serviços de fornecimento de estrutura, link de comunicação de dados, acesso à internet e aplicativos de mensagem do Detran. As denúncias não vão parar por aí, ainda tem muita poeira debaixo do tapete!

*Apresentador do programa AMAZONAS DIÁRIO