Wilson Lima suspende licitação e governo continua sem comprar nenhuma usina de oxigênio

Até quando os deputados estaduais vão esperar para aceitar o pedido de impeachment do governador?

Manaus – Esta coluna denunciou que o governo do Amazonas até agora não conseguiu comprar nenhuma usina de oxigênio para o Estado. Um pregão eletrônico estava agendado para quinta-feira (11), para aquisição de nove usinas para o interior, mas o mesmo foi suspenso. Após dois meses da crise do oxigênio que matou dezenas de amazonenses, o governador Wilson Lima ainda não conseguiu adquirir os 29 equipamentos que estavam previstos para que o próprio estado comprasse com o objetivo de atender a demanda dos municípios. Até quando os deputados estaduais vão esperar para aceitar o pedido de impeachment do governador?

Prioridades

A crise do oxigênio do Amazonas foi assistida e acompanhada pelo mundo e estampou os jornais internacionais. Centenas de artistas, grupos e órgãos se reuniram para realizar doações ao estado. Na última atualização do final de janeiro, estava previsto que o Estado recebesse ao todo 62 usinas de oxigênio, das quais, 29 unidades estavam na responsabilidade do Governo do Amazonas em adquirir, ou seja, comprar.

Ingerência

Atualmente, todas as 31 usinas de oxigênio em funcionamento não foram adquiridas pelo Governo de Wilson Lima, todas vieram através de doações. O suspiro de alívio viria pela realização, mesmo que sem organização, do Pregão Eletrônico (PE) nº 118/2021 realizado pelo Centro de Serviços Compartilhados (CSC), para aquisição pelo menor valor global de usinas de oxigênio hospitalar, sistema de geração de oxigênio medicinal e ar comprimido. Mas, foi suspenso.

Correção

Será que a suspensão após nossa denúncia do Pregão Eletrônico nº 118/2021 foi para melhorar o processo que só estava previsto a aquisição de nove usinas para atender o interior do Amazonas que possui ao todo 62 municípios? As usinas que iriam ser adquiridas nesse PE previam atender os municípios de Boca do Acre, Benjamin Constant, Itapiranga, Guajará, Careiro Castanho, Fonte Boa, Nhamundá, Novo Aripuanã e Borba. Quanto tempo mais a população vai esperar para que o Governo do Amazonas consiga comprar as usinas de oxigênio?

Impeachment

Liderando um grande número de pedidos de impeachment, o governador Wilson Lima possui 12 pedidos entregues na Assembleia Legislativa do Estado (ALE-AM) solicitando o afastamento do gestor do Amazonas. O principal motivo apontado por todos é de improbidade administrativa com falha grave na administração da saúde pública que durante à pandemia de Covid-19 matou milhares de pessoas.

Assembleia

Os deputados estaduais precisam escutar o clamor da população amazonense e apreciar o pedido de impeachment do governador Wilson Lima e colocar em votação no plenário da ALE-AM. Já foram inúmeras denúncias contra o gestão do Estado, especificamente na saúde com a compra superfaturada de ventiladores pulmonares em uma loja de vinhos que continua sendo investigada pela Polícia Federal e Ministério Público Federal, obras com suspeitas de superfaturamento, contratos milionários com jatinhos executivos e até iates de luxos. Até quando os parlamentares vão esperar para aceitar o pedido de impeachment?