Energia do AM é a mais cara

No início desta semana, a população dos municípios de Nhamundá, Carauari e Codajás foram às ruas para reivindicar melhorias da concessionária de energia

Manaus – A partir desta sexta-feira (1º), as contas de luz dos amazonenses sofrerão uma redução média de 5,96%. Apesar dessa diminuição anunciada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), o Amazonas lidera o ranking da tarifa mais cara do País.

O dado, infelizmente, não condiz com a nossa realidade. Há anos encabeçando essa lista, nós, consumidores amazonenses, pagamos o quilowatt hora (kwh) mais caro do país por um serviço deficitário, que gera prejuízos, transtornos à população e, principalmente, torna-se um entrave para o desenvolvimento da nossa economia.

Nossa luta por uma prestação de serviço de qualidade e contínua é árdua, mas, hoje, contamos com uma ferramenta fundamental: o consumidor. Eles estão cada vez mais cientes dos seus direitos e, de forma progressiva, têm procurado os órgãos de Defesa do Consumidor para registrar e reclamar cobranças abusivas e interrupções no fornecimento dos serviços.

No início desta semana, a população dos municípios de Nhamundá, Carauari e Codajás, no interior do Amazonas, foram às ruas para reivindicar melhorias da concessionária de energia. A indignação vai muito além da falta de respeito com o consumidor, que paga pelo serviço e cobra apenas o que lhes é de direito, energia em suas casas, estabelecimentos e escolas. Estamos cobrando explicações da empresa responsável.

É bom deixar claro que, com o apoio da população tanto da capital quanto do interior, estamos de olho e acompanhando passo a passo todo esse processo. A redução na tarifa de energia para o Estado não ocorreu por acaso. Essa decisão da Aneel foi baseada em dados enviados pela Comissão de Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (CDC/ALE) à agência reguladora.

E você, consumidor amazonense, contribuiu para isso e tenha certeza de que, por meio de reclamações, está contribuindo também para garantir uma melhor prestação de serviço em nosso Estado. Estamos juntos, Amazonas!

*Deputado estadual e presidente da Comissão de Defesa do Consumidor da ALE

Anúncio