Água é direito

Água é parte do saneamento básico, assim como coleta e tratamento de esgoto, coleta de lixo, limpeza pública e drenagem de águas de chuvas

Manaus – Água é fundamental para a vida. Ninguém vive sem. Mas a cada dia está mais difícil e caro ter água. É um direito humano, assim como a alimentação. Mesmo sem renda e dinheiro para pagar as pessoas têm direito. É responsabilidade do poder público, principalmente o município, garantir o abastecimento de água tratada para a população.

Água é parte do saneamento básico, assim como coleta e tratamento de esgoto, coleta de lixo, limpeza pública e drenagem de águas de chuvas. Em Manaus, ainda não tem coleta seletiva e há pouca reciclagem de lixo. E também é necessário drenagem, mais bueiros com tampas para evitar tragédias durante as chuvas.

Em 2000, privatizaram o serviço de água e esgoto de Manaus. Disseram que a iniciativa privada faria investimentos e teria mais competência para esses serviços. Mas a empresa se interessou apenas pela capital. Nos municípios do interior, o serviço é público. Após quase 20 anos, ainda tem comunidades onde falta água. Não tem 100% de cobertura. E esgoto menos de 15% tem tratamento. Deveria ser mais de 50%, conforme o contrato. Por isso, todos os igarapés estão poluídos.

O principal investimento foi feito no governo Lula, com a construção do Proama, com investimento de R$ 400 milhões junto com o Estado, levando água para as zonas leste e norte da cidade.

Na Câmara Federal, foi votado esta semana o projeto que muda a Lei do Saneamento, para beneficiar os interesses das empresas privadas de água. Votei contra, pois essas empresas querem o ‘filé’, lugares que dão muito lucro e não querem investir em municípios mais pobres. Vamos continuar cobrando que a empresa em Manaus cumpra as metas e a população tenha água de qualidade e tratamento do esgoto.

Para piorar a situação, o governo Bolsonaro cortou verbas para investimentos em moradia e saneamento. Pelo visto, o orçamento para o ano de 2020 vai estar reduzido, prejudicando milhões de famílias no País. Água é vida, é direito. Não é mercadoria.

*Deputado federal (PT) e economista

Anúncio